Bel Pesce e o empreendedorismo de palco: porque a Menina do Vale não vale tanto assim
Izzy Nobre
3.8K370

Eu acompanhava a Bel Pesce desde o primeiro livro dela até uns meses atrás, pois sou aberto a novos paradigmas e novos conhecimentos, seja qual fonte for. Parei porque tava sem tempo para qualquer tipo de vídeo blog por causa da combinação trabalho + faculdade e também quando ela se “associou” ao empreendedor-mor de palco Érico Rocha, que também é expert em vender ilusões por um preço exorbitante. Mesmo tendo seguido a Bel em redes sociais, não caio na armadilha dos puxa-sacos de plantão. Aliás, acho que o maior problema dela foi se cercar de um monte de puxa-sacos. Pois será que ninguém em sã consciência a avisou que a ideia do crowdfunding para fins lucrativos poderia pegar mal num momento em que o país passa economicamente? Agora fiquem de olho nesse tal de Érico Rocha. Por causa dos incautos desesperados em ter sucesso da noite pro dia, ele deve estar faturando uma grana preta.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.