FUMO OU NADA

Eu não preciso mais fumar, eu sei
Desde as 8 da noite eu não fumo e já são mais de 10 e meia
Estou deitado com sentimento de orgulho
Já faz duas horas que não fumo, até pareço ter um pulmão novinho
Lá fora tá um frio dos invernos e eu não tive coragem nem de abrir a janela pra fumar
Das vezes que essa semana fumei eu desisti de fumar na metade do cigarro, alguma hora chega o dia de nem começar ele
Eu fumo com pressa
inflo meus pulmões e jogo, carburando mais que Opala 6 caneco
Tenho pressa dessa coisa acabar e ela não acaba
Jogo fora pela metade e tomo meio litro de água
Virou rotina esse desprazer de fazer sempre a mesma coisa esperando que acabe logo esse pequeno momento que fede minha mão
Eu estou deitado na cama cheirando minha mão amarelada da nicotina
Mas nem se o satanás acender um cigarro eu vou lá fora, tá frio e parei de fumar faz mais de duas horas.

Like what you read? Give Friedrich N. Liesenfeld a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.