Motivação vs Disciplina

“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos de refrigério pela presença do Senhor.”
Atos 3:19

Pra fazer qualquer coisa, há basicamente duas formas de se colocar numa situação em que aquilo efetivamente vai ser feito.
 A primeira opção, mais popular e devastadoramente errônea, é tentar se auto motivar.
 A segunda opção, uma escolha um tanto impopular e completamente correta, é cultivar a disciplina.

Quando era pequeno comia achocolatado escondido, sabia que estava errado, deixava meus pais nervosos, minha irmã muitas vezes sem o café da manhã, eu tinha motivação para parar de comer aquilo, toda vez que comia, me dava um remorso por ter feito aquilo, e me motivava a não comer mais. Porém no dia seguinte, estava lá novamente comendo.
Até que meus pais fizeram algo pra que eu tivesse disciplina, me davam leite puro. Argh! Como aquilo era ruim, mas foi a partir disso que parei de cometer esse erro. Obviamente não foi do dia pra noite. (Claro, hj eu compro e como na mesa mesmo. (risos))

Assim é na nossa vida, cometemos aquele habito de errar, e logo vem o remorso, e temos a motivação de não fazer novamente. Porém, logo estamos fazendo de novo, e de novo, e de novo.

Infelizmente tem aquele pecado na nossa estante, que nós temos a motivação de tirar ele dali, mas quando menos esperamos, estamos tirando o pó dele.
Eu sempre me perguntei, eu quero mudar, eu tenho motivação, mas não consigo, o que eu tenho que fazer?
Sempre achei que eu precisava ficar bem pra não errar mais, precisava estar feliz, então eu não erraria novamente.

Foi ai que entendi que a motivação opera sob a presunção completamente errônea de que é necessário um estado mental ou emocional para que algo seja realizado ou não.

Quando esperamos ter boa vontade pra fazer as coisas, estamos ralados. É exatamente aí que surge o circulo vicioso de procrastinação, que basicamente é deixar para amanha o que se pode fazer hoje.

Por causa disso eu associei na minha vida cristã o real significado da disciplina. Porque a disciplina, ela separa o funcionamento externo dos sentimentos e mudanças de humor e assim ao melhorar as emoções de modo consistente, evita o problema, ou seja, você vai evitar o problema por culpa da sua disciplina, estando feliz ou não.

A melhor forma de se cultivar a disciplina é construir hábitos, começando com coisas pequenas e assim ganhando impulso e cada vez investindo em mudanças maiores na rotina.

Ao invés de pegarmos o pecado da estante e tirar o pó, vamos pegar a bíblia e tirar o pó dela. Hoje leio um versículo, amanhã leio dois, até o ponto de que aquele pecado na estante não exista mais, pelo simples fato de eu ter abandonado ele, ter deixado ele de lado.

Isso sem duvida nenhuma, vai ser doloroso, porque abandonar antigos hábitos é algo muito difícil.
E que tenhamos um arrependimento de nossos atos, pois o arrependimento é mudança, remorso é apenas sentimento de culpa.

Grave bem isso:
A motivação se resume em tentar encontrar a vontade de fazer as coisas. A disciplina é fazer, mesmo se não tem vontade.