Passos Para Evolução: Aprendendo a Silenciar a Mente

Como eu escrevi no post anterior, tenho escutado alguns audiolivros sobre taoismo, depois que li o texto taoista sobre este tema (tenho lido este texto todos os dias). 
Ontem encontrei um texto aqui no médium do senhor Mahadeva sobre este mesmo tema onde ele respondia o questionamento de um leitor: https://medium.com/@WladimirBianchi/ol%C3%A1-lucas-54f2ba1f68b7#.cgsi4ph94

Ele citou um mantra e um exercício para criarmos um distanciamento entre a nossa consciência e a nossa mente para ativar uma nova percepção.


O exercício consiste em fazer “Quem sou eu além dos títulos, além dos papéis que tenho, além de minhas posses, além dos meus relacionamentos?”

E agora aprofunde:

“Quem sou eu além dos meus pensamentos, sentimentos e memórias? Quem sou eu?”

Aprofunde um pouco mais:

“Quem faz as perguntas? Observe aquele que faz as perguntas. E perceba… Quem sou eu?”

“Esse exercício pode trazer um grande incomodo, ou iniciar a percepção de que existe uma essência em meu ser. Algo que é imutável e que sempre existiu.”

“Isto é o todo, aquilo é o todo. Do todo, o todo passa a se manifestar. Quando o todo é retirado ou adicionado ao todo, mesmo assim, o que permanece ainda é o todo.”

Essa percepção é a chamada “Morte antes da Morte”. Morro em EGO para viver em Consciência Pura. Essa afirmação não é minha. Ela foi dita de diversas maneiras em toda a história, por grandes Mestres. Também não é algo que possa ser medido, raciocinado ou testado. É uma percepção que só pode ser compreendida através de um aprofundamento interno, nunca externo.


Algo incrível que tem acontecido é o fato de surgirem textos compartilhados que estão ligados exatamente a minha busca por silenciamento do ego e pela evolução da consciência. Mais precisamente sobre o não-julgamento, gerenciamento de emoções, equilíbrio entre a vida material e espiritual, o verdadeiro estado meditativo, sair da matrix, diminuir a vaidade…

Estou surpresa que estou encontrando nos ensinamentos budistas exatamente o que nunca ouvi antes conceitos que para mim, fazem todo o sentido.

Talvez se eu tivesse lido ou ouvido antes, teria achado loucura. É o que eles (os budistas) chamam de Dhamma.

Vou colocar um vídeo para demonstrar sobre o que estou falando: