Meu sopro de arte!

Depois de mais uma noite acompanhado por Keaton e Bergman, amanhece e faz 47° C. É, é difícil se sentir em casa. Mesmo com a mobilia escolhida por nos dois, os livros empilhados na ordem em que li e os panos de prato bordados pela minha carinhosa e redonda avó, eu teimo em reclamar para o porteiro a falta que Curitiba e seus pinheirais me fazem. E ainda mais hoje que passei o ultimo pó de café das terras tupiniquins ao som de Sergio Albach e sua Clarineta mágica, tudo pareceu ainda mais vermelho. Mas é ai que vem a primeira virada do personagem e eu descido, É HOJE. É hoje que essa coisa sai, é hoje que eu já não deixo pra amanha isso que a tanto tempo não me deixa em paz! Mas afinal, o que é essa coisa? Aquele texto que não terminei sobre o silencio da alma e as dificuldade que tenho com matemática? Ou será aquele diário de viagem que fiz sobre a minha divertida passagem por Johannesburgo? Acontece que eu gosto tanto de cinema. Não, pera, se eu entrar nessa não sai nada de volta. Vou começar pelo começo!

No ano dos meu 23 anos decidi acompanhar a minha mulher em uma aventura que eu nunca havia imaginado. Ser comissário de bordo da maior empresa aérea do mundo: Emirates. Acontece, que o processo seletivo exige do candidato o domínio absoluto da língua materna de Shakespeare, coisa a qual, graças a uma juventude transviada, não era o meu caso! Embarquei então para uma viagem sem lenço nem documento em busca do conhecimento! Alguns meses em Dubai junto de minha amada, outros tantos em Johannesburgo na África do Sul e por fim algumas semanas na cidade amarela, a qual sempre sonhei conhecer graças ao indescritível talento de descrição de Chico Buarque de Hollanda, Budapeste. E foi lá que me venho a ideia de escrever sobre minhas experiências.

Esse blog será meu canal de contato com meu mundo interno, minhas ideias, minhas vontades, meus devaneios e minhas certezas. Tudo reunido num pedaço desse ciberespaço que chamamos internet. Para os ansiosos eu deixo um spoiler do próximo capitulo dessa novela maluca de nome vida: estou indo para Curitiba fazer um curta metragem de romance, como sempre quis! Me aguardem…


Um pouco desse lugar que chamo de casa. (International City, Dubai.)

International City
Mais da metade dos guindastes do mundo esta nos emirados árabes
Dubai 50°
Pé de pato