VOCÊ TEM BLOGFOBIA?

Cinthia Dalla Valle
Apr 2 · 6 min read

Quando pergunto para as pessoas se elas têm um blog ou um site, a expressão que geralmente vejo no rosto delas é de MEDO. Aquela sensação que faz arregalar os olhos, gaguejar e mudar de assunto na primeira oportunidade, sabe?

Isso quando não me respondem que já têm uma página no Facebook. Lamento informar que uma coisa não substitui a outra. Um site não substitui uma rede social, assim como uma rede social não substitui um site e nem um blog. Combinado?

Criar um site e um blog não requer grandes investimentos, é o seu endereço na Internet e a prova de que você existe, comunica profissionalismo e comprometimento com o seu negócio. Isso só para citar alguns dos benefícios de ter um site e um blog.

Mas de onde vem tanto medo?

No caso do site, muita gente acha que é caro demais criar um, mas o que posso dizer é que compensa cada centavo investido. Hoje em dia, existem bons profissionais e empresas especializadas nesse trabalho, que podem, inclusive, agregar mais serviços, como SEO, identidade visual, entre outros.

Em relação ao blog, cheguei à conclusão de que a maioria das pessoas acredita não ser capaz de alimentá-lo. Simples assim, ou complicado assim, dependendo do ponto de vista.

E do que um blog se alimenta, afinal?

De conteúdo. Você já deve ter escutado falar desse tal de conteúdo, não é mesmo?

No caso de um blog, são principalmente os textos que falam sobre assuntos de interesse da sua persona, dicas que ajudam o leitor a resolver algum problema ou a fazer algo que ele deseja muito. Esse conteúdo é inserido em um blog separado do seu site ou naquela parte chamada “Novidades” dentro do site.

É desse conteúdo que muita gente tem medo. Medo de não ter tempo para escrever ou de não ter criatividade para isso.

Mas, acredite, existe solução, ou melhor, várias delas! Confira as dicas abaixo:

Dicas práticas para você criar o conteúdo do seu blog:

  • Organize uma agenda de conteúdo. Não precisa ser um planner elaborado ou uma planilha sofisticada na nuvem ou em algum lugar que você nem sabe como acessar. Trabalhe somente com as ferramentas que funcionem para você: agenda escrita, bloco de notas do celular, caderno, planilha simples do Excel, arquivo do Word, checklists, enfim, o que importa é que ela seja prática para você e que entre naturalmente na sua rotina.
  • Eu, por exemplo, gosto da agenda de papel mesmo e já cheguei a anotar ideias em um cartão de estacionamento. Esteja preparado, porque elas nem sempre avisam antes de chegarem. Ah, e gostam de vir em bando! Mas não reclame, porque ideias são sempre bem-vindas e podem render bons conteúdos.
  • Nessa agenda, vá inserindo todas as ideias de textos que vierem a sua cabeça. Uma sugestão é separar por: ASSUNTOS, LINKS DE PESQUISA, IMAGENS. Isso ajudará você na hora de escrever os textos e a organizar as suas ideias, sem correr o risco de perder nenhuma delas. Uma ideia deve ser tratada com todo o carinho do mundo. Afinal, você nunca sabe quando ela poderá ser útil a alguém e, de quebra, virar um sucesso de likes e conversões!
  • Defina e mantenha uma frequência de publicações. Dessa forma, você vai criando, aos poucos, o seu público, que vai esperar ansiosamente para receber os seus conteúdos (eu sei que você ainda duvida). Essa frequência depende da sua persona, do tipo de negócio que você tem e, principalmente, de testes. Não existem dias e horários mais indicados para postar e publicar conteúdo. A única forma de descobrir é testando.
  • Dê dicas relevantes para o seu público, sobre as quais ele realmente queira se aprofundar. Nada de textos superficiais, que dão a ideia de que você está escondendo o jogo para não copiarem. O que acontece é exatamente o contrário: se você oferece um conteúdo completo, rico em detalhes interessantes, as pessoas se sentirão privilegiadas por terem tido acesso a ele e buscarão por outros conteúdos que você criar na sequência.

Como um comentário de um ótimo artigo que li certa vez no LinkedIn, que dizia o seguinte: “isso é o tipo de conteúdo que as pessoas deveriam pagar para ter acesso”. Com certeza, não era um conteúdo raso que foi escrito com medo da concorrência. Pense nisso enquanto estiver escrevendo.

  • Escreva com o tom certo para o seu público. É importante definir isso já no primeiro texto, para manter uma linha em todo o conteúdo que será criado posteriormente. Os seus textos serão irreverentes ou mais sérios? Darão uma ideia de conversa ou serão mais didáticos?
  • Tudo isso você só vai conseguir definir se souber com quem está falando, ou seja, qual é a sua persona. Por exemplo, se você é um advogado e os seus clientes são grandes empresas, o seu tom provavelmente será mais sério e conservador. Se, por outro lado, você tiver um negócio de terapias holísticas, o tom dos seus textos pode ser mais leve e próximo. Enfim, vale à pena pesquisar e definir a sua persona antes de tudo.
  • Utilize todas as técnicas que facilitem a leitura dinâmica: um título atrativo, uma boa introdução, intertítulos que quebrem o texto em várias partes, palavras-chave, entre tantas outras.
  • Priorize assuntos que sejam “eternos”, ao invés de temas da moda, que estão viralizando. Exemplo: Guia definitivo de cuidados com seu pet.
  • Lembre-se de avisar todos os canais de comunicação que você publicou um novo conteúdo. Insira o link nas suas redes sociais (não copie e cole o texto na íntegra), chamando o leitor para o seu site ou blog. Mande um e-mail ao seu cliente ou prospect avisando que tem conteúdo novo no blog, com o link direto para leitura. Vale também avisar seus contatos por WhatsApp. Esses são apenas alguns exemplos.

Vantagens de um bom conteúdo:

  • Aproxima o leitor da sua marca ou do seu nome, criando um vínculo de confiança;
  • Ajuda a criar autoridade, afinal, expondo as suas ideias e dicas, você comunica que sabe do que está falando e que ainda tem muito a contribuir;
  • Cria uma presença na Internet, fundamental nos dias de hoje. Você existe e, mais do que isso, você se importa com seu público.
  • Por último, mas não menos importante, você é encontrado com mais facilidade no Google. Como? O Google ranqueia melhor os textos e vídeos inéditos, ou seja, sem cópia de partes de outros textos, como estamos acostumados a ver por aí. Se você produz e publica conteúdo com frequência, você já está caminhando para um melhor posicionamento no Google, e isso sem pagar pelos seus anúncios.

Se não tiver blog, vá sem blog mesmo:

Se você não pode investir tempo e dinheiro na criação de um blog, invista o seu tempo em produzir conteúdo. Na falta do blog, publique-o no Medium e no LinkedIn. É grátis e muito eficaz!

O Medium foi um achado pra mim, que queria muito começar a divulgar os meus conteúdos e não tinha ainda um blog, apesar de já ter um site. Vi que se eu não fizesse isso logo, eu iria procrastinar a minha própria divulgação e esperar as condições perfeitas, que poderiam demorar muito. Falei sobre isso no meu último artigo.

Assim, criei um perfil no Medium e comecei a divulgar nele, além do LinkedIn, que, se você ainda argumenta que nem acessa porque não é pro seu negócio, precisa começar a considerá-lo como uma importante ferramenta de divulgação do seu nome e da sua marca.

Olhinhos brilhando? Vamos começar então?

Não pense que você está sozinho nessa. Eu mesma comecei a escrever para o meu público somente há pouco tempo porque, afinal de contas, como eu já criava conteúdo para meus clientes, achava que não era necessário criar para a minha marca. Vi que estava totalmente enganada!

Com essa crença na cabeça, nunca encontrava tempo para escrever. Até que um dia, comecei a colocar em prática e simplesmente virou rotina. Mais do que isso, virou vício, porque dá um prazer absurdo ajudar as pessoas através do conteúdo que você disponibiliza para elas. Além das vantagens que o ato de escrever nos traz.

Sério, é bom demais! Experimente!

Então, reserve um tempo para ajudar o seu público, cliente ou prospect, através do seu conteúdo. De qualidade, relevante e, em um futuro próximo, quem sabe, indispensável!

Se precisar, posso te ajudar nessa missão, com todo o prazer!

Sou produtora de conteúdo com orgulho! Uso as experiências e aprendizados de vida como principal matéria-prima para os textos que escrevo, com muito prazer!

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade