História sem título

Pra que nomear, se antes de começar nunca sabemos do que se trata? Pode ser mais uma história de romance, ação, terror ou comédia, talvez todas juntas, você quem escolhe, ou não…

E qual o começo? E por que assim? Por que na verdade não começamos sabendo de tudo? Por que sempre o nada? Dizem que o nada é a construção do tudo, mas dizem, não sei quem diz, talvez seja eu. Mas quem sou eu, senão alguém que não conheço e todos os dias tento entender? Alguém, só alguém.

E chega o momento em que as dúvidas são grandes, mas não se procura mais por respostas, elas não existem, muita coisa não existe.

Aprendi a apreciar o inapreciavel, a observar a dor, e ao mesmo tempo depreciar sua existência porque no fundo sabia que a dor era mal e me corroia, e sem pensar duas vezes ela me dissolveria sem se importar, sem pensar…

Não tem título, não tem assunto, não tem caminho, não existem porquês, só existe…

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Cinthia’s story.