Contrastes


Uma moça linda, loira e com cheiro de perfume importado e cabelos caros, me cumprimentou no elevador da universidade. 
Estava bebendo um suco amarelo espesso com embalagem do Starbucks e me deixou curiosa com o conteúdo. 
- É iogurte de frutas amarelas. - disse ela simpática e altiva ao mesmo tempo. 
Todos do elevador cheio passaram a escutar com interesse a conversa. 
- E aqui tb tem um 🐍🎃📌💣👻 - mostrando-me um saco de papel com algum tipo de salgado dentro que nem o nome eu conhecia. E continuou explicando. - É um tipo de salgado com tomate seco e alho poró (ou algo gourmet do tipo) .
Imediatamente eu disse: - Nossa, deve ser caro! 
Ela concordou veementemente e completou com orgulho:
- Ah, o meu salário do estágio vai todo nesses lanches. Detesto salgadinho! Aquela massa toda... Aff! Esse lanche custou R$34,00! - e diante da atmosfera perplexa do elevador completou - É, sou dessas. - e sorriu simpatia e normalidade.
O elevador inteiro parou de respirar. Eu pensei, 200 ml de iogurte e algum punhado de farinha de trigo com qualquer indício de especiarias gourmet pode ser vendido por esse absurdo! 
Mas ainda, pensei no meu lanche modesto (um saquinho com 4 pães de queijo e uma coca zero) e me senti pobre.
Contrastes.