Clara Pêra
Clara Pêra

Clara Pêra

Quem lembrará de mim um dia? Quem há de ler na praça o poema que existe em mim? -érebos