Treino é treino, jogo é jogo!

Outro dia comentei com um casal de coachees que vendo meus filhos adultos, hoje percebo a minha experiência​ no papel de mãe como parte de um plano de treinamento intensivo para chegar aos resultados da minha alta performance maternal.

Me lembro de abrir mão da minha carreira profissional por um tempo e de me adaptar às condições impostas pelo trabalho do meu marido para poder acompanhá-lo. Dava conta do papel de mãe, de vendedora e de treinadora de equipe de vendas, enquanto os filhos ficavam na escola à tarde.

Desenvolvi várias habilidades que agora utilizo em minha profissão como Coach sem me dar conta, naquela época, de que estava treinando.

O que quero dizer com isso é que não importa o que você faça, desde que seja um trabalho ético, apenas faça!

Vá treinando porque assim que você visualizar a possibilidade de alcançar seu maior objetivo de vida, compreenderá o quanto suas experiências foram e são valiosas, pois todas elas fazem parte do treino.

Pense no quanto os atletas de alta performance treinam antes de um jogo. São horas e horas, anos e anos de empenho, de concentração e muito trabalho mental para aumentarem o foco e desenvolverem novas habilidades, as quais serão importantes na hora do jogo.

Sei que estou em treinamento intenso para o próximo grande campeonato da minha vida, mas com a certeza de que já venci alguns deles por ter me preparado muito bem.

Às vezes o desânimo vem, outras vezes sentimos o gosto amargo da derrota e é nessas horas que nosso foco é testado. Faz parte do treino sentir o sabor amargo para que o doce das conquistas seja mais valorizado.

Quando a sensação de ter ganho o campeonato estiver acontecendo, curta muito o momento, enquanto isso se prepare para elevar o nível dos campeonatos que você vislumbrará vencer.

Pensando assim, vá sem medo, reconheça se você está treinando e continue. Aprenda que treino é treino, jogo é jogo e se permita errar no treino a fim de acertar no jogo.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.