Como conseguir trabalho: qualquer movimento conta

Imagem: Pixabay — Qualquer movimento conta

Decidi escrever esse post por uma reflexão que fiz em um momento da minha vida e que já compartilhei individualmente com algumas pessoas com o intuito de ajudá-las a enxergar, como eu enxerguei, que ficar parado quando se tem uma dificuldade não resolve nada.

Certas dificuldades nos deixam estáticos mesmo, sei disso.

Mas, infelizmente, se você não fizer nada por você, não vai descer um unicórnio mágico do céu, te espetar e sua vida vai automaticamente se tornar bela. Na verdade, antes de você agir, nem as palavras de um amigo vão servir de absolutamente nada. Sabe por quê?

Porque quando estamos mergulhados na nossa fossa, acreditando que tudo está ruim pra todo mundo, as oportunidades passam e a gente nem se dá conta. Afinal, tá tudo uma merda mesmo, não é?

Então o que eu fiz foi começar a me movimentar aos poucos, porque quando se está inerte, qualquer mexidinha já balança a vida. O efeito se propaga. E por causa do meu primeiro movimento, a vida foi se agitando, se agitando e as pessoas começaram a me procurar pra contratar projetos comigo.

Cada movimento conta. E o primeiro movimento é o mais importante. Portanto, basta começar.

Seja, meu amigo, o seu agente de mudança. Cuide da sua cabeça para que os pensamentos negativos não tomem conta do seu corpo e te mantenham parado.

Agora, deixo algumas dicas de movimento importantes para você que está em busca de trabalho

1- Estude, estude, se informe, se aperfeiçoe sempre.

Quando buscamos conhecimento, ficamos mais motivados. Esteja rodeado de pessoas buscando o mesmo que você e assim uma apoia a outra, compartilha experiências, recomenda, contrata e empolga. Procure cursos gratuitos na internet — online ou presenciais — , blogs especializados, e-books, além de se conectar a pessoas da área. É muito importante aumentar sua rede de relações pessoais.

2- Esteja visível, esteja “achável”.

Se você oferece um serviço ou está procurando um emprego é necessário que quem esteja precisando possa te encontrar facilmente. E hoje em dia a forma mais fácil — e barata — é estar presente na internet. Monte seu perfil profissional nas redes sociais, se cadastre em sites de emprego, crie um blog ou um site e compartilhe. Ah! E mantenha tudo sempre atualizado.

3- Use o seu desânimo para reavaliar o que você faz da vida.

Estar desanimado não é problema. O problema é você estar desanimado e não fazer nada. Provavelmente você não está neste estado a toa, então aproveite esse momento e reflita sobre as causas. Anote cada ponto no papel, olhe bem pra eles e escolha um para atacar. Aproveite esse momento para dar a volta por cima e se empolgar com alguma coisa novamente.

4- Faça um bom trabalho.

Parece besteira, mas não é mesmo. Gente, prestar um serviço direito pode ser uma forma de se diferenciar, fidelizar as pessoas, se manter no emprego (num momento de cortes) ou conseguir uma promoção. Perceba como existem pessoas a sua volta que não se importam de dar o melhor, que não se importam com a dificuldade do seu cliente e seguem sua vida sendo medíocres. Portanto, faça um bom trabalho, atenda bem as pessoas e aí você nunca ficará sem ter o que fazer. Será recomendado até por quem não contratou diretamente seus serviços.

5- Não culpe os outros pela sua falta de trabalho.

Use isso para reavaliar se o que você está fazendo realmente é uma função necessária pra sociedade, se resolve o problema de alguém, ou seja, se é algo que as pessoas estão dispostas a pagar/ contratar. Observe também se você não está apenas sendo preguiçoso e procrastinando suas atitudes de mudança.


Amigos, a nossa vida é muito importante pra gente viver sem propósito, só deixando as coisas acontecerem ou os outros nos guiando ao invés de nós mesmos. Vamos cuidar disso hoje? Qualquer movimento conta.