19/10/2016

Eduardo Cunha cumpriu seu papel: orquestrou o golpe, e agora é descartado. Foi mais um boi de piranha da direita.

Estou satisfeito com sua prisão, mas atento ao que tem ocorrido e continuará ocorrendo nas entrelinhas da Lava Jato: as massas (e parte da esquerda, infelizmente) vibram com a falsa sensação de limpeza na política, de moralidade, de dever cumprido.

Embora os holofotes estejam desviados por enquanto, nos bastidores a atenção está voltada para o principal alvo: o presidente mais popular do Brasil, aquele que, mesmo com a enxurrada de ataques diários, está em primeiro lugar nas pesquisas para 2018. Se ele vai voltar eu não sei, mas que há uma coalizão para impedir sua volta, isso é inegável.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.