Ano novo. Vida, realmente, nova.

Estamos terminando 2015. Não importa mais se o ano foi bom ou ruim. Afinal, passado não é futuro. É tempo de focar na construção de um 2016 melhor. E agir para que todos os objetivos (inclusive aqueles escritos e guardados na carteira) sejam atingidos.

Agora eu gostaria de explicar a você o porquê da criação deste Medium.

E eu poderia resumir isso em uma única frase: contribuir para que as pessoas atinjam seus objetivos e, assim, sejam mais felizes.

Isso é um propósito e vai nortear a minha vida de hoje em diante. E tudo começou quando fiz toda a minha formação em coaching, em 2010.

Quando eu volto no tempo, e analiso mais de 30 anos liderando equipes, percebo que eu sempre me questionava o porquê das pessoas mais preparadas e competentes nem sempre eram as que produziam melhores resultados. E também não eram as mais felizes. Participei, nas empresas onde atuei, em diversos grupos de trabalho e de pesquisa para buscar as respostas que, aliás, nunca foram encontradas.

Um dia recebi um material, via internet, me oferecendo participar de um curso para formação em coaching. Eu não sabia bem do que se tratava. Entendi que seria uma ferramenta de treinamento, talvez levado pela tradução literal da palavra. E me interessei. Afinal, continuava trabalhando com equipes, já agora como consultor em gestão empresarial em diversas empresas.

Nas primeiras 8 horas do treinamento (de um total de quase 200 horas) pude contribuir para que uma colega de turma realizasse o seu sonho de falar em público e ser uma palestrante. Aí eu descobri como, sendo um coach, poderia contribuir para que as pessoas mudassem de vida, atingissem seus objetivos e fossem mais felizes. Daí em diante foram centenas de hora de aplicação das ferramentas do coaching, sempre conseguindo resultados extraordinários.

Agora chegou o momento de multiplicar esses resultados. Chegou a hora de usar o infinito potencial da internet para levar os benefícios do coaching para milhares e milhares de pessoas. Uma delas pode ser você. Basta que você queira, realmente, mudar algumas de suas atitudes. Pode não ser fácil. Mas o bônus valerá a pena.

Conte comigo, a partir de 2016. Estaremos juntos.

Abraços,

Antero Barbosa

-Me acompanhe também no LinkedIN e no Facebook.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.