Mais poder da colaboração!

Por Thayna Meirelles, em 11 de abril de 2017

Fotos de Leandro Cagiano, retirada da página do O Poder da Colaboração no facebook.

No último dia 05 de abril, a colaboração e o Co.cada me possibilitaram viver mais uma grata e inspiradora experiência: a 5ª edição do evento “O Poder da Colaboração”! Esta edição do encontro foi especial demais para mim, primeiro porque estava representando o Co.cada como media partner deste lindo projeto, e segundo porque tive uma sensação de pertencimento total àquela família colaborativa!

A iniciativa que fomenta a sustentabilidade, o empreendedorismo e a economia colaborativa, e cuja cobertura da 4ª edição você pode ler aqui, trouxe desta vez 7 palestras (8 palestrantes) perfeitamente equilibradas quanto à diversidade, inspiração, emoção e atitude. E o tema guia para os palestrantes foi “A cooperação como ferramenta de transformação das pessoas e do mundo”. Compartilhei minha impressão de que o encontro melhora a cada edição com a idealizadora Izabella Ceccato, e ela me disse acreditar que é justamente a excelente curadoria dos projetos e palestrantes, e a resultante riqueza de temas e setores que vem engradecendo o evento cada vez mais!

Confira os palestrantes desta edição:

1. Luiz Serafim

Autor do livro “O Poder da Inovação”, Luiz relacionou a inovação com a colaboração, destacando a atividade na empresa que trabalha. Segundo ele, na 3M, a cultura, postura e atitude colaborativa são fundamentais. A paixão em trabalhar em equipe, a humildade de aprender e a vontade de compartilhar o conhecimento norteiam as atividades na empresa, o que reflete em uma maior produtividade e bem-estar da comunidade. Além disso, Luiz contou sua trajetória, destacando a presença da colaboração neste processo.

O espírito do tempo em que a gente vive hoje convida para a gente não ser unidimensional, e sim plural, para desenvolver carreiras paralelas e explorar um monte de universos de um repertório vasto, diversificado e rico. E colaborando com um monte de gente, processamos tudo e devolvemos ao planeta gerando impacto positivo.
Você sempre ganha. O Universo conspira e te devolve.

2. Debora di Benedetti e Samuel Gonzalez

Debora di Benedetti e Samuel Gonzalez abraçando a Izabella Ceccato

Fundadores do Comida Sustentável, projeto que une alimentação, sustentabilidade e colaboração. O empreendimento surgiu de uma verdadeira transformação, a partir de uma vontade muito profunda da Débora de criar algo em que ela acreditasse e ao mesmo tempo, pudesse ser sua fonte de sustento. Resultado de um longo processo de reflexão e autoconhecimento, o projeto hoje alinha a vida pessoal, profissional e os valores dos fundadores. Ambos vivem em uma morada comunitária com outros 8 amigos e 2 crianças, onde nasceu o projeto. Eles queriam criar algo que reconectasse as pessoas ao planeta, sobretudo à preservação da Natureza.

Tudo que consumimos está ligado a indústria que fomentamos. A agricultura convencional e indústria de carne são os grandes responsáveis pela devastação do planeta.

Débora percebeu então o poder da alimentação neste contexto, como o principal recurso que consumimos. Começou mudando seus hábitos, e depois de alguns anos, teve a ideia de oferecer o que cozinhava através do Facebook, originando assim o Comida Sustentável! Samuel ressaltou que todos os fornecedores do Comida Sustentável são pequenos produtores, e todas as transações ocorrem através do “olho no olho”, valor fundamental para eles.

3. Livia Deodato

Como jornalista, tive oportunidade de conhecer pessoas incríveis. Eu sempre digo que os anônimos têm as histórias mais interessantes que os famosos…. Também ficava encantada com aquelas histórias e lembrando de pessoas que eu conhecia e poderia colocar em contato com essas outras pessoas…

Idealizadora e criadora do grupo Escambo de talentos no Facebook. O grupo criado em 17 de janeiro deste ano, cresceu rapidamente e já conta com mais de 12000 participantes até o momento. A ideia surgiu a partir da reflexão de Livia sobre a satisfação das pessoas no trabalho. Durante sua carreira de jornalista, ela cruzou com muitas pessoas que só faziam o que faziam por dinheiro, e sofriam. Ela pensou então que se usássemos nossas principais características, o que mais gostamos de fazer poderíamos criar uma rede de cooperação muito forte que valorizasse os reais talentos, habilidades e dons das pessoas. Segundo Livia, o grupo tem levado muitas pessoas a refletir sobre os talentos que possuem para oferecer e também a repensar as relações. As pessoas estão ganhando novos amigos e aprendendo coisas que nem sonhavam em aprender antes, além de melhorar sua autoestima.

Livia encerrou sua fala, em um momento de grande emoção, com a célebre frase:

“Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é realidade.”

4. Lala Deheinzelin

Lala Deheinzelin é futurista, pioneira em Economia Criativa e Colaborativa, e considerada uma das 100 mulheres no mundo que estão co-criando a nova economia e sociedade. Criadora do movimento Crie Futuros e autora do livro “Desejável Mundo Novo”, Lala iniciou sua apresentação com uma atividade lúdica, muito animada, na qual os participantes fizeram “massagem” nos outros exercitando a prática de tratarmos bem uns aos outros. Em seguida, Lala apresentou a Fluxonomia 4D, um conjunto de ferramentas para facilitar a transição e, portanto, a construção do novo mundo (que já é presente), combinando estudos do futuro com novas economias. A Fluxonomia foi sintetizada por ela ao longo da sua trajetória pelas mais diversas áreas e organizações de todos os tamanhos. Lala aponta a Fluxonomia 4D como a ferramenta adequada para o novo cenário mundial, viabilizando o futuro através das novas economias. Está focada nas competências que precisamos para esse “outro jeito de estar”, um mundo exponencial. Para entender mais e melhor, visite a página de Lala Deheinzelin aqui, e faça o download do livro!

5. Ronaldo Crispim

Se cada um de nós é som, que música podemos ser juntos?
Viver a colaboração é algo que todo mundo quer. O que a gente faz é criar espaço para que isso seja revelado e expressado.

Especialista em percussão corporal, Ronaldo conduz oficinas e vivências em processos de desenvolvimento em grupo, onde trabalha questões musicais e relacionais ao mesmo tempo. Segundo ele, a comunicação não verbal traz atenção, presença e prontidão, permitindo o trabalho em grupo, através do engajamento e da escuta. Ronaldo trabalha com improvisação, fundamentando a criação autônoma, onde cada pessoa contribui para o todo. “O indivíduo co-cria, é responsável por aquela música. E a música que surge da contribuição de cada um vai afetar o indivíduo. ” A música e a conexão humana são os norteadores de ação em diferentes projetos que Ronaldo participa, como a Música circular, um retiro de acontece a cada 6 meses durante 6 dias, e o Fritura Livre. Este último é um encontro mensal aberto ao público para vivenciar estas experiências através da criação de um espaço de inclusão.

6. Lucas Harada

Comunicador e empreendedor, contou sua trajetória fundamentada na colaboração, sustentabilidade e inovação no terceiro setor. Suas experiências incluem passagens pela Teto, uma organização não governamental que trabalha pela defesa dos direitos de pessoas que vivem nas favelas, diminuindo sua vulnerabilidade, e pelo guerreiros sem armas, um curso internacional que reúne pessoas de diferentes países, na busca por transformação pessoal e social. Atualmente, Lucas criou com outros parceiros de caminhada, o Business design for change, um curso para ensinar pessoas a criar negócios sociais, empreendendo na prática. Além disso, Lucas é coordenador de comunicação da juntos.com.vc, uma ONG e plataforma de financiamento coletivo que apoia projetos que visam impacto social e ambiental na captação de recursos, através de doações de pessoas que acreditam nesses projetos.

Nunca deixe de fazer algo por alguém que acredita que você não é capaz. Você tem que acreditar no seu próprio potencial, e não deixar com que as pessoas façam com que você não siga os seus objetivos.

7. Fernanda Bianchini

Fernanda contou a história de criação da Companhia de Ballet de Cegos, a única companhia profissional de Ballet para cegos do mundo. O trabalho que já tem 22 anos foi guia da trajetória profissional de Fernanda, hoje, além de bailarina é fisioterapeuta e mestre, cuja dissertação foi o método (hoje patenteado) desenvolvido por ela para ensinar o Ballet ao deficiente visual. Seus pais foram grandes apoiadores do projeto desde o início, e Fernanda se doou e continua se doando ao máximo a este sonho, que atualmente também é o sonho de mais de 300 alunos, incluindo alunos com outras deficiências, além da visual. Embora a trajetória tenha incluído muitas dificuldades, Fernanda acreditou e persistiu. Hoje, sua companhia de Ballet coleciona conquistas, se apresentou internacionalmente diversas vezes, recebeu muitos prêmios e dançou com e para famosos, dentre eles Ana Botafogo e Stevie Wonder. A principal mensagem de Fernanda, que emocionou toda a platéia, foi de otimismo e crença no nosso próprio potencial, independente do que qualquer pessoa nos diga ou não acredite em nós. A história do projeto foi contada diversas vezes, incluindo o protagonismo em um dos episódios do projeto Inspire e Conte-me, um documental que conta histórias significativas e inspiradoras de empreendedores que estão ajudando a empoderar e transformar vidas. Recentemente, também foram retratados no documentário “Olhando para as estrelas”. O projeto recebe apoios e doações para continuar existindo, e você pode ajudar clicando no link presente na página de Facebook do projeto.

Fotos: O Poder da Colaboração

Além das palestras mais que inspiradoras, as típicas sessões de Network e dinâmicas de conexão, promovidas pela Izabella, permitiram aos participantes (inclusive euzinha, claro!) ampliar sua rede de pessoas e colaboradores, sem dúvida outra grande riqueza deste evento! Garanto que não faltou inspiração, emoção e convite a ação!

A adesão ao encontro também vem aumentando a cada edição, tanto presencialmente quanto a assistência online, já que o evento é sempre transmitido ao vivo no canal do Poder da Colaboração no Youtube. Nesta edição, aproximadamente 800 pessoas participaram somando as duas modalidades. E se você ficou com vontade de aprender ainda mais, clique aqui e assista o vídeo do evento gravado!

Na próxima edição, estaremos lá com certeza. Fiquem ligados no nosso site e na nossa página do Facebook para se informar das datas. Vem com a gente porque juntos vamos mais longe! 😉