Amores rasos

Estou no ônibus, vi um rapaz lindo na parada que acabei de passar, pensei em tirar um foto e fazer o mesmo que várias pessoas estão fazendo, publicar nas redes sociais com a legenda “Moço, estou apaixonada por você. Compatilhe essa imagem para eu conhecer o amor da minha vida.” (legenda exatamente igual a uma que vi esta manhã no facebook). E até poderia dar certo, talvez eu até encontrasse o rapaz, nós poderiamos sair, ir ao cinema, poderia ser ele o amor da minha vida.

Mas pensei melhor, cheguei a conclusão que não estou atrás de um relacionamento assim, tão superficial a ponto de dizer que fiquei apaixonada só pelo que vi de relance, só pela beleza exterior. Já gastei tempo e energia demais com coisas banais , que não valiam a pena e que eu nem queria tanto, só por vaidade.

Por favor, tambem não façam isso, não percam seu tempo com “amores” futeis e desnecessários só para diminuir a carência.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.