É bem fácil ser feito de bobo

É bem fácil ser feito de bobo. E não adianta me falar que você nunca foi enganado por ter feito universidade ou ter um nível intelectual mais elevado, isso não faz muita diferença pelo que ando observando.

Todos nós já fomos feitos de bobo alguma vez.

Até porque ser enganado é mais fácil do que se imagina, não tem mistério. Pra que a enganação ocorra você precisa basicamente de duas coisas: alguém pra enganar e pessoas para serem enganadas.

Simples assim.

Admita, na maioria do tempo nós queremos ser feitos de bobo e por várias razões: queremos escapar da nossa realidade que é difícil, queremos acreditar que existe um jeito mais rápido pra alcançar o sucesso, um jeito mais rápido de ganhar dinheiro, de ser feliz, de ser amado.

Uma vez que as condições estão lá, tudo que o enganador precisa fazer é iniciar uma mentira que satisfaça algumas das nossas esperanças, mesmo que momentaneamente.

Nossa frustração com o modo com que as coisas são faz com que sejamos um solo fértil pra enganação. Frustração, medo, raiva, são sentimentos que nos tiram do nosso estado mais racional e cético de olhar o mundo, eles nos fazem aceitar enganações disfarçadas de verdades sem fazer com que nos perguntemos se aquilo realmente faz sentido.

Nós aceitamos as enganações de peito aberto quando não estamos conscientes racionalmente dos nossos sentimentos.

E é tão fácil ser feito de bobo quando estamos em nosso pior momento e a enganação aparece como uma mão pra nos tirar do abismo, não é? As vezes essa mão vem de um velho amigo que te oferece uma oportunidade de negócio para que você consiga sua liberdade financeira, as vezes ela é alguém em um vídeo na sua timeline prometendo que sua vida vai ser transformada ao comprar um curso online que vai mudar sua vida amorosa.

Inclusive, tirar sarro daquele que está sendo feito de bobo só ajuda o enganador na maioria das vezes. Quando isso acontece o bobo só quer defender ainda mais a decisão que tomou, só procura ainda mais motivos pra se agarrar a enganação, ele só confirma suas crenças mais e mais.

Quando alguém engana milhares de pessoas a culpa certamente é do enganador que se utilizou de uma série de fraquezas e oportunidades pra passar uma mentira.

Mas os bobos também devem assumir sua responsabilidade.

Responsabilidade de ter procurado um atalho aonde não existe um, mergulhando em baixa estima e sentimento de medo, ignorando todas as pistas que poderiam desmascarar o enganador e que provavelmente estavam escancaradas desde o começo, faltava só um olhar um pouco mais crítico.

Ser feito de bobo não é algo restrito a uma nacionalidade, religião, classe social, nível de escolaridade. Ser feito de bobo é uma atitude e uma escolha.

Nós não somos bobos. Não se escolhermos não ser.