Verdade e Compaixão

A essência é a vida. A vida que existe dentro de cada ser humano. Somos todos iguais. A essência da vida nos torna iguais. A essência da vida nos une. A vida é admirável. Estudamos, observamos e não conseguimos reproduzi-la. A vida deve ser admirada e louvada. A vida que existe dentro de cada ser humano deve ser admirada e louvada. Cada ser humano deve admirado e louvado.

A verdade está presente em tudo na vida. A verdade se manifesta quando nuvens carregadas desabam e causam uma tempestade. A verdade se manifesta quando sentimos fome. A verdade se manifesta quando sentimos sede. A verdade se manifesta quando sentimos algumas dores no corpo. A verdade é o caminho natural da vida. Viver na verdade é se manter conectado ao caminho natural da vida.

Muitas vezes, a verdade não se manifesta quando sentimos medo. O medo pode ser uma criação do poderoso sistema de defesa formado por diferentes órgãos do nosso corpo. Os olhos detectam um sinal de perigo e o repassam ao cérebro que por sua vez aciona outros órgão para injetar substâncias na corrente sanguínea e ampliar a agilidade na fuga de um predador. O medo é verdade quando se está à frente de um leão faminto em uma selva. Mas o medo não é verdade quanto uma crise de ansiedade é gerado pela preocupação de perder o emprego. Muitas vezes o medo é uma criação das preocupações do futuro e do passado.

Angústia é gerada por não haver concentração no momento presente e haver excesso de preocupação com coisas que ocorreram ou irão ocorrer. As coisas que ocorreram passaram e são imutáveis. As consequências delas estão no presente e podem ser tratadas hoje dedicando atenção ao presente. As coisas que ocorrerão não podem ser despriorizadas, mas também não podem ser supervalorizadas. Não se deve ser irresponsável e não se preocupar com o futuro, mas também não se deve concentrar todas as energias nele e se tornar um escravo, se privando de todos os momentos de prazer do hoje.

A natureza é a verdade em sua plenitude. A natureza é onipresente, poderosa, autoconfiante e humilde. O ser humano é parte da natureza. O ser humano é verdade em sua plenitude. Na verdade os caminhos são naturais. No caminho natural não há invenção de medo. Sem medo não há ansiedade ou angústia.

A natureza é compaixão. O ser humano deve continuar no caminho da compaixão. O ser humano deve concentrar energia em viver o presente na verdade e na compaixão.