17 Followers
·
Follow

A inesperada conexão entre o e-commerce AlieExpress e os novos caminhos para a Educação.

Image for post
Image for post

Imagino que você já tenha ouvido falar do site de compras online AliExpress, certo? O que você talvez não saiba é que, por trás da gigante Alibaba, está um dos homens mais ricos do mundo — empreendedor um tanto quanto peculiar, cujo histórico educacional conturbado destoa completamente do sucesso profissional alcançado.

Estou falando de Jack Ma, chinês de 53 anos de idade, que, após fundar a empresa no ano de 1999 dentro de seu apartamento, conquistou seu lugar no mercado e é considerado atualmente como uma das pessoas mais influentes não só da China, mas em todo o mundo.

Jack Ma levou sete anos para completar o ensino fundamental. Na sua cidade natal, Hangzhou, havia apenas um ensino médio, com duração de só um ano. Diante da sua educação “falha, outras cidades não o aceitaram como aluno. Ma também tentou aplicar em uma universidade chinesa por três vezes, sem sucesso. Inscreveu-se em Harvard 10 vezes, sendo rejeitado em todas as ocasiões. Mas o jogo virou: hoje, após o sucesso do seu comércio eletrônico, já deu várias palestras na renomada universidade.

No Fórum Mundial de Economia, ocorrido na última quarta-feira, dia 24/02/2018, Jack Ma entoou um discurso sobre como a educação há de mudar para se adequar a realidade da tecnologia e dos novos anseios sociais.

Segundo ele:

“a inteligência artificial e o uso dos robôs terão um enorme impacto nas indústrias e serão responsáveis pela eliminação de empregos em massa. Tudo que nós aprendemos deveria ser diferente, diferente das máquinas. Se a máquina pode fazer melhor, precisamos pensar a respeito. A única esperança de contornar a situação é mudar a forma como aprendemos e ensinamos e garantir assim que ‘nossas crianças’ não passem apuros nos próximos trinta anos. A educação é o nosso grande desafio agora. Os professores precisam parar de ‘ensinar conhecimento’ e passar a investir na educação de ‘algo único’, que a máquina não possa copiar. Olhar para as habilidades comportamentais — e não técnicas — chamadas de ‘soft skills’. As soft skills que precisamos ensinar às crianças são: valores, pensamento independente, julgamento, trabalho em equipe, cuidado pelos outros”.

Falou tudo, Jack Ma!

Written by

Entusiasta do altruísmo social e da liberdade criativa, acredito que o segredo da autoconsciência e da responsabilidade social do indivíduo esteja na EDUCAÇÃO.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store