Image for post
Image for post
Gilbert Garcin

TEXTO POR FELIPE SALAZAR

Em novembro de 2017, o Coletivo Trama estava comemorando.

Havíamos conquistado um financiamento coletivo, arrecadado 55 mil reais para lançar uma plataforma digital open source feita de forma colaborativa e no aniversário desse lançamento, ocupávamos um galpão criativo em São Cristóvão junto com parceiros, colaboradores e amigos, celebrando nossa rede e conquistas.

Dois meses depois, o Coletivo ficou inativo. Depois de 4 anos juntos, cada um seguiu seu caminho. Mas, o que aconteceu?

O TRAMA surgiu em 2014. Inspirado pelas Jornadas de Junho e a cidade do RJ explodindo de cultura, tínhamos como principal objetivo a ocupação de espaços públicos ociosos ao conectarmos artistas,microempreendedores e moradores a esses espaços. …


Texto por Karmel Arruda

Image for post
Image for post
Hackatrama, Hackathon Coorperativo de ideação e programação horizontal da plataforma Trama.

Estou no Trama há 3 anos e nunca trabalhei ou estagiei em uma empresa que não fosse o Trama. Já fiz muitos freelas e trabalhei anos em instituições voluntárias mas nunca vivenciei diretamente uma relação de funcionário e chefe.

Ao mesmo tempo, uma das frases que mais me lembro de ouvir quando era pequena, era: “Quando você crescer, estiver trabalhando e tiver um chefe, aí sim, você vai ver como as coisas funcionam”. Essa frase me marcou e confesso que me deu um certo medo. …


Texto por: Gabriela Ornellas

Image for post
Image for post
imagem/ pexels

Antes de fazer parte do Coletivo Trama, fui estagiária em empresas de diferentes tamanhos: a que só tinha eu e mais uma pessoa, a que tinha 25 pessoas e eu conhecia todos, e a que tinha duas sedes no país e uma fora, alguns andares de um mesmo prédio e eu conhecia somente a minha equipe.

Esses fatos construíram em mim uma humilde base de conhecimento sobre o mundo capitalista em que vivemos e trouxe algumas rápidas conclusões, como por exemplo: é mais importante estar dentro de uma equipe na qual você gosta de estar perto, do que estar totalmente satisfeita com a sua função. …


Texto por Rebecca Barreto

Por cidades mais habitáveis e seguras para as pessoas

É sabido que atualmente a maior parte das população mundial vive em zonas urbanas. No Brasil esses números são ainda mais discrepantes: segundo o IBGE, 84% da população vive em cidades, enquanto 16% vive em zonas rurais.

Apesar disso, o planejamento das cidades, na maioria das vezes, negligencia que o espaço urbano é vivido diariamente por pessoas, que transitam pelas ruas, caminham pelas praças, vivem suas vidas nesse lugar. Muitas cidades foram planejadas e construídas considerando mais os carros e grandes edificações do que os indivíduos que as habitam, fazendo com que a sua construção não respeite a escala humana.

Mas como assim Escala Humana?

Existem algumas definições sobre o que é escala humana dentro do pensamento sobre cidades e todas elas consideram o fato de fazer das cidades lugares que sejam mais habitáveis e seguras para as pessoas. …


Texto por Felipe Salazar

Desde que o Trama começou, sempre ficamos com a pergunta: “Como redes nascem? Como redes morrem?” Ao longo do tempo, passamos a perceber o valor de um bom convite, de um propósito bem definido e de pedidos de ajuda transparentes.

Estudávamos, investigávamos e principalmente testávamos essas teorias, prototipando e botando pro mundo determinados projetos e assuntos que fossem relevantes não só para nós como para os outros e para a cidade também. No fim, aprendemos que o que fazíamos era tecer comunidades mais participativas e colaborativas, um fio de cada vez.

Image for post
Image for post
Diagrama de Paul Baran. Os pontos estão no mesmo lugar, apenas foram traçados de forma diferente

“Mobilizar redes” é um assunto delicado. Cada dia mais pessoas estudam e se aprofundam em temas similares a esse, por isso, o que eu compartilho aqui é nada mais do que o meu aprendizado como membro do Coletivo Trama: pesquisando, testando, errando e melhorando. Então, duvide, questione, pesquise e se informe. …


Image for post
Image for post

O Poder dos Comuns

O Trama existe porque acredita no poder das “pessoas comuns”, o poder que cada um de nós tem de transformar as realidades ao nosso redor.

Os “fios” dessa Trama são pessoas que entrelaçadas, formam um “tecido” social e colaborativo que por onde passa, fortalece mudanças positivas.

Missão dada é missão cumprida!

A nossa missão é despertar pessoas para o valor da colaboração e construir um legado de que “juntos somos mais fortes”.

Tecemos uma cidade mais participativa para todos onde colaborar é maior do que competir.

Valorizamos a troca de ideias e a abertura de novas possibilidades para projetos e iniciativas que tenham como fim um impacto positivo para a cidade e para as pessoas. …


Hoje viemos falar sobre um projeto nosso do ano passado, em parceria com o Shareable, Casa da Juventude e Meu Rio: O MapJam.

Image for post
Image for post
Mapa de Iniciativas Colaborativas e Comunitárias no Rio

Você já ouviu sobre? Sabe o que é? Não?! Bem, estamos aqui justamente para tirar essas dúvidas. (Oba!) A ideia do MapJam foi criada pelo Shareable e tem como objetivo fazer mapeamentos de projetos colaborativos e comunitários em várias cidades ao redor do mundo. E o mais legal: eles querem espalhar essa ideia pelo mundo todo! Como eles fizeram isso?

1- Criando uma sugestão de metodologia para fazer esse mapeamento personalizado.

2- Divulgando a ideia e passaram a perguntaram quem gostaria de criar um evento em sua cidade para colocar a ideia fora do papel.

3- Uma vez que uma cidade tem um quórum (ou seja, um número razoável de interessados) essas pessoas se unem e com a ajuda do shareable criam um evento/encontro para construir o seu MapJam. …


Image for post
Image for post

Essa é a segunda parte de um texto sobre financiamento coletivo. Para ver a primeira, só clicar aqui.

E chega o dia que nossa campanha de matchfunding vai ao ar! Recebemos a dica de que, antes de ir ao ar, é uma bela ideia enviar para os amigos próximos e parentes. Porque, dessa forma, ela já vai para o mundo com contribuições. E contribuição influencia em mais contribuição!

Para começar com o pé direito, lançamos um evento de inauguração, junto com a galera do Clube Orgânico, que também estava participando da campanha. Montamos um evento de happy hour no Templo Gávea, para trazer para perto amigos queridos, interessados no projeto. Quando todos estávamos juntos, passamos o vídeo de campanha. …


12 Passos sobre como construímos uma comunidade de confiança de mais de 40 pessoas em 4 dias no curso "A Arte de Anfitriar".

Image for post
Image for post
Dinâmica "Café Pro-Ação" sendo facilitada por alguns participantes.

Por ser trameira e vivenciar todos os dias aprendizados e desafios novos de como cuidar de comunidades e articular redes, me interessei pelo curso Art Of Hosting / A Arte de Anfitriar. O que eu sabia é que, no curso, aprenderíamos de forma aprofundada sobre comunidades, nos seguintes aspectos: como elas nascem, se formam e como podemos ter um papel mais atuante no cuidado de comunidades. Entenderia também melhor o universo da facilitação (conhecimento que, uma parte de nós do Trama, estamos estudando há mais de um ano).

No curso, achava que estaria totalmente dentro da minha zona de conforto, que saberia como tudo seria mas, na verdade, aprendi coisas poderosas durante esse processo. …


Image for post
Image for post

Olá! Nasci na cidade do Rio de Janeiro em 62, filha de mãe judia e paulista, avô russo e avó carioca e pai católico, catarinense, descendente de imigrantes alemães e avó cearense. Ganhei um nome com um significado bacana, feliz: Joy. Porém, eu e meu irmão não recebemos o sobrenome de minha mãe, pois ela tinha pânico do que poderíamos sofrer com a perseguição nazista. Achava que seu sobrenome era obviamente judaico, o que nos faria ser reconhecidos e, consequentemente extremamente perigoso. Os horrores da Segunda Guerra eram ainda muito vivos na memória de todos, de modo que meus pais optaram por nos dar uma educação católica. …

About

Coletivo Trama

O Trama é uma rede criativa, que busca criar conexões entre pessoas transformadoras, facilitando ações colaborativas na cidade.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store