8 Motivos para você colaborar com a plataforma do Trama

Segunda edição do evento O Passeio É Público, por Gabriela Ornellas.

HABEMUS MATCHFUNDING! Uhull! Há um mês lançamos nossa campanha de financiamento coletivo para impulsionar a nossa plataforma digital que vai impulsionar iniciativas colaborativas, ou seja, cocriação e codesenvolvimento de projetos.

Aqui embaixo você vai encontrar 8 super motivos para colaborar com a gente e tornar o sonho da plataforma do Trama possível. :)

Ah! Para ver a nossa campanha no ar, é só clicar aqui.

1. O PROPÓSITO DO TRAMA

O Trama nasce com o objetivo de ser um catalisador de colaboração entre pessoas e projetos.

Tá, mas o que isso quer dizer? Quer dizer que acreditamos que a colaboração é mais importante do que a competição: para nós, unir recursos (financeiros ou não) de pessoas e instituições diferentes faz muito mais sentido do que competir por eles.

Sabemos que o mundo de hoje se encontra em um estado de crise das instituições vigentes, e que o que temos hoje já não funciona mais. Mas o que não sabemos é o que de fato irá funcionar, tanto em termos políticos, quanto educacionais, econômicos, etc. Estamos vivendo o tal do interregno:

No estado de interregno, as formas como aprendemos a lidar com os desafios da realidade não funcionam mais. As instituições de ação coletiva, nosso sistema político, nosso sistema partidário, a forma de organizar a própria vida, as relações com as outras pessoas, todas essas formas aprendidas de sobrevivência no mundo não funcionam direito mais. Mas as novas formas, que substituiriam as antigas, ainda estão engatinhando. Não temos ainda uma visão de longo prazo, e nossas ações consistem principalmente em reagir às crises mais recentes, mas as crises também estão mudando. — Zygmunt Bauman

Com isso, uma das qualidades mais potentes do Trama é o nosso caráter experimental, sabendo que sempre é possível errar e aprender com o erro. Hoje somos uma rede que cria conexões entre pessoas, facilitando o surgimento de ações colaborativas pela cidade. Isso significa realizar uma série de projetos para tornar a colaboração possível e viva.

2. NOSSO TIME

Atualmente somos seis trameiros: Bernardo Brasil, Felipe Salazar, Gabriela Ornellas, Karmel Arruda, Rafael Carpinetti e Rebecca Barreto. Pelo projeto ter surgido do curso de design, somos parcialmente formado por designers. Mas, com o passar do tempo, a família foi crescendo com outras formações, como comunicação social e gastronomia.

O sonho dourado é transformar o Trama em nosso único trabalho, e a construção de uma plataforma digital é parte direta disso. Dentro do coletivo, não trabalhamos com a divisão de áreas como a maior parte das empresas (comunicação, administração, design, etc), mas sim com uma divisão de pessoas por de projetos. Percebemos que precisamos explorar a nossa pluralidade, trabalhando com coisas diferentes em projetos diferentes. Podemos ser articuladores, designers, produtores culturais ou o que mais precisa, isso só depende do que queremos ser. As nossas lideranças também se separam da mesma forma, e trabalhamos em cima do conceito da holocracia.

Tratamos o Trama como um filho: com um amor incondicional e infinito. Ouvimos diariamente o desespero de pessoas que não se encontram no mercado de trabalho atual, e a famosa vontade de largar tudo para construir algo que esteja alinhado com seus propósitos e valores. E é isso que estamos fazendo!

Happy hour do início da campanha de Matchfunding, no Templo.

3. AS RECOMPENSAS

Essa é a parte do matchfunding mais pensada, analisada e debatida.

A nossa maior vontade é que as pessoas se sintam totalmente confortáveis em colaborar com a nossa campanha, não somente pelo nosso propósito e ideal, mas por entender o valor do que estamos devolvendo. E, não só isso! Por ser uma campanha de matchfunding, em uma parceria entre a Benfeitoria e a Youse, você vai ganhar todas as recompensas tudo em DOBRO! Isso significa que, em relação aos nossos produtos, você ganhará tudo 2x, e nas experiências, você poderá levar outra pessoa!

Como o Coletivo Trama trabalha como diferentes recursos, não somente o monetário (veja o ponto 8!), oferecemos as experiências como ponto forte das nossas recompensas. São 4 diferentes experiências: palestras, oficina, consultoria e pulsos + trama de barbante. As nossas palestras são:

  • Organização pessoal e produtividade: em que abordamos métodos de produtividade e ferramentas digitais e analógicas para maximizar a produção.
  • Coletivo Trama: Articulação, sistema horizontal e redes: Essa palestra é focada na construção e criação do Coletivo Trama, falando sobre nosso propósito como articuladores, nosso sistema interno e a criação de redes. Ela é ótima não só para os que já entendem do assunto, mas para os que querem entender sobre.
  • Oficina da Design Thinking: queremos ensinar como funciona esse conjunto de métodos, e como ele pode ser utilizado em qualquer tipo de projeto.
  • Consultoria de 2 horas, em que trabalhamos com você todas as nossas expertises juntas, dependendo da sua necessidade.

Por último, mas não menos importante, a união de um evento pulsos criado para você, junto com a nossa famosa intervenção de barbantes, para estimular os participantes a pensar, junto com você, alguma questão relevante.

Junto com as experiências, também temos a parte de produtos. Junto com nossos parceiros, criamos lindas camisetas, que já estão desfilando pela cidade, e agora podem ser também sua. Eles também disponibilizaram suas artes, que mais combinam com o Trama, para que possamos enviar tanto online quanto impressa.

Nossas camisas.

4. A PLATAFORMA DIGITAL

Nossa plataforma está sendo construída da maneira mais linda possível, sendo totalmente colaborativa e aberta. Como parâmetro principal, a plataforma do Trama é software livre. Isso significa que a sua construção está totalmente disponível online, e sempre estará.

Não temos como questão o medo de cópias, porque entendemos que existe algo maior por trás disso. O que é aberto para a rede será sempre melhorado, evoluído e nunca estático. Tecnologicamente falando, a plataforma do Trama também é um ambiente de experimentação.

Mas… Como assim? Nossos programadores também estão aprendendo em sua construção, trabalhando com o desconhecido, desbravando o que há de mais avançado no mundo do desenvolvimento. Isso é um ponto importante para atrair mais interessados nesse mundo, e é isso que queremos. Queremos uma bela e grande rede, não somente de articuladores e comunicadores, mas também de desenvolvedores.

5. FOMENTAR A COLABORAÇÃO

Como falamos ali em cima, acreditamos que a colaboração é mais importante do que a competição.

Um dos pilares principais do Trama é COLABORAR, criar e cocriar projetos que incentivem a troca e reutilização de recursos que estavam ociosos ou não. Acreditamos que ao se unir, as pessoas podem realizar iniciativas melhores, maiores e de maior impacto. A plataforma do Trama vem justamente para impulsionar a colaboração entre pessoas e projetos, possibilitando conexões que vão gerar iniciativas colaborativas, ao invés de competitivas entre si.

Vivemos hoje em um cenário de crise econômica em vários países, o que gera estados à beira da falência e altas taxas de desemprego. Além disso, também sofremos as consequências do hiper consumo, que impacta não só o meio ambiente, como o bolso e a qualidade de vida das pessoas. A alta competição de mercados também gera uma sensação de que é sempre preciso TER mais, ACUMULAR mais, o que diminui a circulação de recursos (financeiros, ambientais, entre outros). Ou seja, acaba que poucas pessoas e organizações acumulam muito, enquanto todas as outras ficam com quase nada. Por isso, acreditamos que na economia compartilhada, que prioriza a reutilização e compartilhamento, ao invés da aquisição e acúmulo.

6. EVENTÃO DE OCUPAÇÃO DE RUA

Nós nascemos ocupando a rua. Logo no início, o Trama propunha ocupar espaços ociosos da cidade de forma colaborativa: unindo pessoas e iniciativas para levar vida e cultura para praças que estavam esquecidas pelo Rio.

Caso a gente bata a meta de arrecadação do nosso Matchfunding, vamos fazer um mega master blaster evento de ocupação, unindo os nossos colaboradores com quem mais quiser colaborar para ocupar algum dos espaços esquecidos do Rio de Janeiro. Por isso, se você colaborar com a gente, além de receber recompensas legais e ajudar a construir nossa plataforma digital, você também vai ter FESTA (uhuull), não só com música, arte, comidinhas e bebinhas, mas também com o propósito de voltar o olhar das pessoas para um espaço da cidade que estava ali vazio e subutilizado.

Evento Nós da Trama, 2014. Por Renato Velasco.

7. A IMPORTÂNCIA DA MICRO POLÍTICA

Vivemos extasiados com a quantidade de notícias ruins relacionadas ao governo, economia, saúde, educação, etc. Ouvimos diariamente a frase: “Nosso Governo não faz nada! Não serve para nada!”. Somos extremamente críticos à situação atual em que vivemos, mas decidimos que queremos fazer algo a respeito. Enquanto é difícil modificar a macro política, a micro política está totalmente em nosso alcance.

Micro política são pequenas ações que construímos dia após dia, e que vão lentamente transformando a nossa sociedade e realidade. Somos um coletivo apartidário, porém ativista. Queremos fazer parte da revolução em que o cidadão se relaciona com a cidade e com os outros. Revolução essa que já está acontecendo! A cidade do Rio de Janeiro está borbulhando atualmente, e isso é de extrema riqueza cultural.

Por que não mostrar ao mundo o que está acontecendo? São inúmeras as iniciativas que, do seu jeito e no seu tempo, modifica para o bem o seu redor. E é isso que nos motiva, que nos dá confiança de que estamos no caminho certo.

Evento Festival da Democracia, 2015. Por Daniel Faillace

8. ATIVAÇÃO DE RECURSOS

Já ouviu falar sobre a Matriz de Recursos 4D, desenvolvida pela Lala Deheinzelin? Se não, nessa imagem aqui dá para entender um pouquinho como funciona:

Matriz de Recursos 4D

Essa matriz é a base para todos os projetos que nós criamos. Sempre partimos do princípio que o recurso financeiro é importante, mas também podemos usufruir de outros meios, como recursos ambientais, tecnológicos, culturais e sócio-políticos. Por exemplo, na hora de fazer um evento, buscamos não só conseguir dinheiro para realizá-lo, mas também fechamos parcerias para conseguir, sem custos financeiros, espaço, comida, música, bebida, etc. Em troca, podemos prestar serviços nossos à quem colaborar com algum desses recursos.

Por isso, ao se tornar um colaborador da nossa plataforma, você vai ajudar projetos que vão impulsionar a ativação de recursos, fazendo com que haja maior compartilhamento, reutilização e, consequentemente, fluxo de produtos, serviços, conhecimento, etc.


Se você chegou até aqui, uau! Muito obrigada pela atenção. Clicando aqui você pode ver nossa campanha e contribuir com ela. Vamos juntos tornar a colaboração cada vez mais comum! Bora?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.