Amor à natureza (fev/2016)

310 Norte

Resenha para vegetarianos!

Fiquei meio em dúvida se fazia resenha de quilão, mas acho que o critério aqui é comida boa, não é mesmo? O Amor à natureza não é exatamente um quilão tradicional, embora tenha um corredor de comidas com balança no final. É um dos melhores restaurantes vegetarianos da Asa Norte, com ótimas opções de comida feitas com alimentos orgânicos, feijão excelente (já disse que amo feijão, né? pois é) e mesas sob arco de arbusto (são parreiras?) com passarinhos piando. Dos quilos da quadra, sem dúvida é o melhor. É o mais caro, também (46,90 por quilo), sem nenhuma carninha à disposição. E, olha, vale a pena para não-vegetarianos que se dispõem a refeições sem carne, ação altamente recomendável.

Lá sempre tem muita salada, variada e orgânica. Tem desde o tradicional (alface, agrião, rúcula, tomate, cenoura, beterraba, pepino) até escarola, radicchio, tofu, broto de alfafa, lentilha, grão de bico etc. Pra temperar, molhos feitos na casa, como vinagrete, mostarda, iogurte ou molhos de tofu, e há uma variedade de farelos para turbiná-la, como chia, aveia ou linhaça. Os pratos principais variam mais, com opção vegana e ovolactovegetariana. É comum ter torta de ricota, creme de mandioquinha, couve refogada, abóbora assada e batata assada com queijo, por exemplo, para acompanhar o arroz integral e feijão carioca ou o macarrão integral do dia a dia. A isca de glúten e a proteína texturizada de soja eu dispenso, porque nem na época de RU eu dava conta, mas quem come diz que é a de lá gostosa.

O que acho mais legal no Amor à natureza é que a comida é muito bem temperada. Aliás, é muito mais bem temperada do que qualquer selve-selve carnívoro da região. No balcão também há umas tortas, mas essas não recomendo, não. Tem uma torta de banana vegana que é meio triste e não honra o resto da comida do restaurante.

O atendimento é bastante ágil e simpático. Eles contam também com uma lojinha de produtos naturebas. Vale a pena dar uma olhada, porque lá se vendem coisas que claramente eu jamais compraria, como uns farelos com cara de receitado por nutricionista, mas também coisas gostosas como suco de maçã, ghee e castanhas. O público mescla tilelês, estudantes, gente que trabalha na região e galera da quadra. Não é chique. Tá na minha lista de restaurantes habituais por muitos motivos, mas só o feijão bem feito já seria suficiente.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated comensaleventual’s story.