Devemos ter cuidado redobrado ao tratar o outro. Cada um é um mundo, cada um carrega os dissabores e sabores de ser quem é. Ninguém é responsável por suas preocupações, frustrações e (ainda que aja um responsável) de que adianta vomitar no seu próximo sua insatisfação? 
A cada ano que passa percebo o quão precioso é um simples gesto de respeito e bom humor, o quão transformador é você ser gentil com o outro, desarma qualquer um, ameniza qualquer situação. Estamos todos em nossas batalhas pessoais. É sensato, respeitoso e acima de tudo, humano, tratar o outro com carinho e cuidado.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.