{leite de pedra}

*

A cidade se alastrou por aldeias,
em São Paulo, em Minas, em Bagdá
e na Petesburgo-Leningrado.
Há muitos e muitos anos, os lugares são cidades.
Consegue imaginar o que é isso?
Imagina se você visse esse tempo passar?

Cidades são umas grandes, outras maiores,
outras maiores ainda, e ainda umas pequenas.
E durante muito tempo eu pensei que a chuva fosse
o leite de pedra das cidades.

*

Por anos, séculos a fio,
registrados na memória do tempo como uma estátua,
Rômulo e Remo continuam chupando inutilmente
o leite de pedra da loba romana.

Não cai sequer uma gota
- como se eles precisassem.
Não tem veneno o leite da loba
que adota os meninos.
Não tem, não tem.
Pois meninos de ferro não precisam de nada.
E não teria nada se não tivesse
um tirar leite da pedra,
ainda que se passe a vida toda a sugar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.