Oito

Esse conto tem início
Com uma modificação
Esta, feita de ofício 
Na linha de produção

Após sete humanóides
Montados com perfeição
O seguinte — alcunha “oito” -
surgiu com uma inovação.

Descartada a armadura;
Discrepante aos ancestrais
Oito tinha uma fissura
Em seu peito, e nada mais.

Transcorridos vários anos
De vida sem almejar
metas; também nenhum plano
havia a se consumar…

Mas as ondas de um rompante
Se acumulam em grande monta;
Do vazio em seu torso
Finalmente se deu conta.

De sua vida enfadonha
Veio a se desvencilhar
A tal peça que faltava
Pôs-se então a procurar.

Encontrou-a em pouco tempo
Uma placa, tão brilhante!
Conteve o deslumbramento;
Encaixou-a num instante.

Mas na peça uma mossa
Fê-la menos atraente.
Sempre haverão outras placas
Largou a sua, e foi em frente…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.