Ser um bom líder é…

Não é a primeira vez que escrevo sobre isso. Arrisquei algumas palavras há algum tempo atrás. Da mesma forma, não posso prometer que será a última. Ser ou tornar-se um líder é algo inevitável na carreira. Mas ser um bom líder requer uma decisão. E, com certeza, uma daquelas que precisa ser reafirmada por várias vezes.

No texto que escrevi anteriormente, cito uma frase que ouvi uma vez: “Líder é aquele que te leva para lugares que você nunca imaginou ir, nem ele”. Continuo acreditando nisso. Ser um bom líder é mais do que uma habilidade ou uma oportunidade de carreira, é um presente. É uma chance única de capacitar pessoas em prol de um propósito maior.

Os ganhos de uma liderança sistêmica

Ao ser um bom líder, você terá a oportunidade de oferecer à sua equipe a visão de futuro, ou seja, do objetivo a ser perseguido. Em nossos processos de diagnóstico, minha equipe e eu frequentemente encontramos colaboradores que não conseguem explanar sobre o futuro da companhia e onde se enxergam nele. Um time pode construir coletivamente o caminho para chegar até lá, mas o onde chegar, a visão, precisa partir da liderança.

Outra coisa que acredito ser característica de um bom líder é a disposição em conhecer a equipe. Há mais poder na unidade do que costumamos valorizar. Isso, talvez, por que o conceito de time esteja um tanto desalinhado, especialmente no meio corporativo, em meio à tanta competição e falta de atenção. Times são fruto de confiança e cumplicidade. Crescem juntos, ganham juntos e “se ferram” juntos, quando necessário. Mas, para chegar a esse lugar de parceria, é preciso antes subir outros dois degraus. O primeiro é conhecer e o segundo é confiar. E aí, o papel da liderança é fundamental.

Há mais poder na unidade do que costumamos valorizar

O líder que está desejoso por times, e não apenas grupos de pessoas, deve perceber seu papel de fomentador e sustentador do exemplo. O bom líder conhece sua equipe, seus pontos fortes e fracos, suas habilidades e até mesmo suas dores. Assim, ele se torna parte do processo de extração das melhores contribuições de cada colaborador. Neste ambiente, o trabalho toma vida e torna-se uma fonte de todo tipo de resultados, não só financeiros.

Esta, enfim, é uma boa palavra que precisa estar conectada ao dia a dia de um bom líder: resultados. É preciso conhecer a equipe, promover confiança, construir cumplicidade e, não obstante, garantir os melhores resultados. Cuidar de perto das metas, dos números e dos objetivos do negócio. Aproveitar a força da coletividade como um fator decisivo para alcançar o mais profundo modelo de negócio, produzindo inovação e riquezas.

Para se manter na trilha de ser um bom líder é preciso ter sempre em mente que este caminho nunca termina. Sempre há um novo desafio à espreita, esperando para ser desvendado, aprendido e solucionado. Nada consegue se manter igual por muito tempo: nem o mercado, nem o processo de trabalho, muito menos o cliente. Portanto, haverá necessidade de reinventar-se e ajudar a equipe a fazer o mesmo. Nesse momento, a visão do todo e do objetivo a ser alcançado, juntamente com o conhecimento profundo e empático que o líder possui criará uma base sólida para crescer a cada desafio.

Buscando ajuda para ser um bom líder

Ao chegar até aqui, caso tenha se identificado com minhas ideias, você pode ter chego à conclusão de que não é ou não se sente preparado para ser um bom líder para seus colaboradores. A primeira coisa que posso dizer é: não afaste estes questionamentos. Eles são válidos, preciosos e podem ser a base para novas descobertas sobre si mesmo e sua equipe. Porém, não há necessidade de fazer tudo sozinho. Existe um grande número de lugares onde poderá encontrar auxílio para aprimorar sua capacidade de liderança.

Busque encontros, palestras e eventos específicos para líderes. Você poderá ser apresentado a conceitos, ferramentas e técnicas para ajuda-lo na jornada. Outra opção está em consultar um profissional de mercado, que poderá auxiliá-lo a desenvolver-se na trilha da boa liderança.

E nunca deixe de olhar em volta. Às vezes, pessoas experientes estão ao redor, em nossas redes de contatos e amigos. Descubra um mentor entre pessoas estratégicas que você conheça. O que não posso deixar de recomendar é que assuma o risco de ser um bom líder, participante e alimentador de um ecossistema empresarial vivo que traz resultados vibrantes, em todos os níveis e para todos os envolvidos.

Um forte abraço,

Anderson Siqueira
Idealizador e Educador na Consense Educação para as Relações
Para mais textos, acesse o Blog da Consense

Originally published at www.consense.com.br on January 13, 2017.