Importância do banco de dados nas indústrias

Stepps
Stepps
Jun 2 · 2 min read

Em meados da década de 1960, a empresa IBM deu start aos estudos sobre os fundamentos de banco de dados, com o intuito de reduzir o tempo que seus colaboradores passavam armazenando e organizando informações (dados). Em contrapartida, apenas em 1976 o primeiro sistema comercial de banco de dados foi lançado no mercado, feito pela Honeywell Information Systems Inc., baseado fortemente nos princípios que a IBM idealizou.

Mas então, o que é esse tal “banco de dados”?

De uma forma bem sucinta, é o agrupamento de informações que competem ao mesmo assunto de forma organizada para possíveis verificações futuras.

Hoje em dia não há mais dúvida da importância do uso dos dados no setor industrial. As informações contidas no chão de fábrica podem gerar relatórios valiosos, que culminarão em análises gráficas e tomadas de decisões através de KPI’s se a fábrica possuir bancos de dados bem estruturados.

Acho que você já deve ter ouvido falar na frase Data is the new oil, traduzindo para o português, “Os dados são o novo petróleo”. Trazendo para o contexto industrial, o fluxo de informações contidas no chão de fábrica é bastante intenso e caso eles não estejam sendo armazenados e analisados, a conclusão sobre o que deve ser feito no momento pode ser tomada tardiamente, gerando grandes prejuízos que poderiam ter sido evitados.

Image for post
Image for post

Muitas fábricas ainda tomam decisões na base do achismo, tornando-as com menor poderio quando comparadas com outras que utilizam o SGBD (Sistema de Gerenciamento de banco de dados). Essas últimas citadas conseguem avaliar o cenário de forma geral, tirando insights em tempo real e o mais importante de tudo, conseguindo identificar melhorias o quanto antes.

A indústria 4.0 ou também chamada de Quarta Revolução Industrial prioriza o uso da tecnologia, incluindo ferramentas e metodologias de Estatística + TI, como aprendizado de máquina, mineração e modelagem. Para que elas consigam ser utilizadas em sua maioria, precisa-se ter um banco de dados bem estruturado e de fácil acesso.

Após possuir um conjunto de dados planejado de acordo com os seus objetivos traçados e extrair respostas desse conjunto de informações, podemos gerar relatórios valiosos ou então colocarmos esses resultados em um dashboard interativo, como pode ser visto aqui.

Na Stepps, prezamos pela “cultura de toda indústria armazenar bancos de dados do seu chão de fábrica, independente do seu porte”. Com isso, conseguimos diagnosticar melhorias através do uso de metodologias estatísticas que visam a otimização dos seus produtos e serviços baseados em informações prévias (dados), culminando numa maior eficiência e redução de desperdícios.

Inscreva-se na nossa Newsletter: bit.ly/steppsnews.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch

Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore

Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store