This story is unavailable.

Não só simplicidade. Como os fatos diretos. Vivemos uma fantasia dos contos de fadas disnyanos, cheios de charmes e de finais felizes. Mas o amor real é mais cru. Ele nasce e morre. Deveríamos aproveitar o amor enquanto ele existe, e apenas aceitar. Só. Sem jogos. (desculpe, falo muito rsrs)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.