Lembrando Riobaldo

“O senhor ache e não ache. Tudo é e não é…”
É uma das frases de Riobaldo em Grande sertão: Veredas
Há muito não me atentava ou lembrava de sua filosofia imensurável dentro de seu linguajar.Recém um amigo retornou-la pública em uma sinopse em rede social.
Não importa nada o que pensem, não importa se nos sentimos incomodados , desconfortáveis apenas porque julgamos estarem pensando sobre qualquer assunto simplesmente porque tudo é e não é!
 — a enormidade de nosso cérebro , as incompreensíveis conexões que podem ser formadas e interligadas nascendo em sua magnitude quase infinda nos permite achar, crer, apostar em posições , sentimentos e ou logo após ou com uma maior delonga não achamos mais , chegamos até a não nos importarmos mais .
Em momentos que podem durar milésimos de segundo decide-se inúmeras competições esportivas ou não , anos de treinamento ,dedicação,sofrimento,podem ser ou não 
Esta dubiedade é tão maravilhosa em sermos e termos que podemos julga-lá como uma de nossas maiores qualidades
A rapidez que vem a nossa mente o julgamento de coisas que nos afetam afetam nosso desenvolvimento como seres íntegros e isentos.
Não, não é falta de opinião ,posições, crenças e a tal personalidade 
É que simplesmente “ achemos e não achemos . Tudo é e não é”

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.