Nós, humanos otimizados

Desde que começamos a pensar na sociedade que vai viver mais de 100 anos, percebemos que não há como falar de longevidade sem considerar o pensamento sistêmico de longo prazo, o Whole-system thinking. Mas ao mesmo tempo pensar sobre longevidade é necessariamente refletir sobre nossas próprias vidas e necessidades como indivíduos em um novo contexto.

Designers em todo mundo usam recursos em processos de inovação com o objetivo de trazer uma compreensão mais profunda sobre as sensações e sentimentos de pessoas idosas. Um exemplo disso, são as chamadas Ferramentas de Empatia: objetos físicos que permitem que o designer se coloque no lugar de outras pessoas, por exemplo com diferentes necessidades físicas.

Ford, The Third Age Suit

Talvez a maior mudança que já começamos encarar em relação a esse novo contexto de pessoas vivendo mais de 100 anos é uma nova mentalidade em relação ao retardamento do envelhecimento do corpo e mente. Em vez de buscar a perfeição estética, buscaremos a otimização, as versões mais eficazes, produtivas e eficientes de nós mesmos, independente da idade. E usaremos a tecnologia, a ciência e as experiências holísticasjuntas — para exercermos um novo tipo de controle da nossa própria vida. Esse controle se dará principalmente na saúde, bem estar, beleza, genética e produção própria.

Como então a tecnologia, a ciência e as experiências holísticas vão nos ajudar a controlar esses aspectos?

#1 a tecnologia

As pessoas cada vez mais reconhecerão que seu cérebro é um órgão que elas podem treinar e manipular.

Thync, dispositivo que altera estados de mente para enérgicos, relaxados ou focados desviando certas trajetórias de ondas cerebrais

#2 ciência

Um novo passo será incluso à personalização de produtos e serviços: a possibilidade de ir até estrutura molecular, definindo via DNA o que mais se adeque a genética de cada pessoa.

U+ da Geneu, um serviço customizado que usa teste de DNA para fornecer o produto que melhor se encaixa com seu tipo de pele.

#3 experiências holísticas

Propagação de experiências imersivas que estimulem todos os sentidos ao mesmo tempo com o objetivo de induzir a estados profundos de relaxamento e introspecção.

Worry Will Vanish, trabalho com imagens e áudios para induzir estado meditativo.

Le Nuage, um complexo de wellbeing na França com 3 mil metros quadrados desenhado por Philippe Starck.

Estamos seguindo para um caminho em que o ser humano passa a se ver como um sistema integrado, que otimiza mente, corpo e espírito .

Tudo isso, nada mais é que um grande reflexo de como seremos afetados pela abordagem do pensamento sistêmico de longo prazo.

Ser um humano otimizado cada vez significará se ver como um Whole-system.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.