A história do Coronel Palheta e os Coffee Hunters dos tempos modernos

Se você ama café, também ama o Coronel Palheta. O nome pode até soar estranho, mas vá se acostumando: esse luso-brasileiro desafiou a diplomacia e mudou a História do Brasil em nome da bebida deliciosa que você provavelmente aprecia enquanto lê esse texto.

Foi pelos idos de 1700 que o formidável militar e exímio explorador Francisco de Melo Palheta recebeu do governador do Maranhão uma incumbência que mudaria a sua vida (e a nossa!).

A missão, em caráter oficial, pedia que Palheta fosse até a Guiana Francesa tratar de problemas com ocupações indevidas na fronteira com o Brasil. Mas havia um objetivo secreto, muito mais importante que as questões territoriais.

Os franceses estavam instalados na Guiana justamente para cultivar uma planta da qual se extraia a mais nova iguaria cobiçada nos quatro cantos do mundo. Um arbusto descoberto nos confins da África, com pequenos frutos cujas sementes produziam uma bebida capaz de encantar de reis a camponeses. O café era mais do que uma cultura: era uma verdadeira relíquia, guardada a sete chaves pelos colonizadores daquele país.

Hospedado na casa do governador francês, o português Palheta logo descobriu um jeitinho para conseguir o que queria. Inspirado pelo charme e malemolência brasileiros, conquistou o coração da esposa de seu anfitrião, que lhe presenteou com preciosas mudas de café.

Com o tesouro muito bem escondido na bagagem, Palheta retornou às terras tupiniquins para se tornar o primeiro grande produtor de café. Suas mudas geraram outras mudas, ajudaram a espalhar a cultura pelo país e transformaram o Brasil em um dos maiores produtores mundiais de café.

Nós amamos café. Admiramos o Coronel por sua coragem e visão. E decidimos ir além: abraçamos o título de Palhetas do tempo moderno. Com ele, a missão de melhorar o café que os brasileiros apreciam diariamente, valorizar o produto e os produtores nacionais, mostrar à cadeia produtiva que todos podem ganhar. Saímos Brasil adentro à caça dos melhores cafés que, por diversas razões, não chegam às xícaras dos brasileiros.

A jornada já começou. O trabalho pesado, de campo, fica por conta dos coffee hunters. Enquanto isso, acompanhe nosso Facebook, siga-nos no Instagram, cadastre-se para receber as newsletters e assine para descobrir novos e deliciosos cafés todo mês. Faça parte dessa história!

Acesse www.coronelpalheta.com

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.