Democracia seletiva ou “porque não se deve discutir política nos dias de hoje”

No nosso país, todo evento político atual é acompanhado de duas coisas: chorume e memes. Todos querem, ou melhor, precisam opinar. E suas opiniões são sempre muito corretas e embasadas, mesmo que isso não possa ser comprovado. Pra piorar, os argumentos e ideais contrários são sempre infundados e caluniosos, além de totalmente parciais. Então, no meio desse caos, como argumentar com boçais? Simples: não argumente.

Cada tentativa de diálogo sobre o tema acaba sempre em ânimos exaltados ou ofensas e, pra piorar, o cenário político atual é o mais conturbado em décadas, o que não nos dá um dia de calmaria.

Desses boçais, há os que adoram uma confusão, mas querem se passar por pacifistas. São os “isentões” (não dê ouvidos a eles):

"Ain mas estamos num momento tão delicado e vocês estão aí, comemorando..."
Mas tem que comemorar, SIM!
Um partido que saqueia sistematicamente seu país e usa todos os subterfúgios para barrar quaisquer investigações (num grande acordo nacional, com o supremo, com tudo), quando desmascarado, é motivo pra festa, SIM! Você comemora e comemora até cansar! Depois descansa e comemora mais um pouco. Ser indiferente a uma notícia como essa é estar num torpor tão grande que o torna insensível. Ou então é apenas canalhice partidária. Num momento em que os abutres aproveitam o hiato político para aprovar as reformas e medidas mais impopulares até a próxima troca de governo, comemorar uma interrupção ou contratempo é um alívio maravilhoso, mesmo se for breve. Então se quer ser um isentão, se isente de emitir opinião.

Outro grande motivo para não cair na besteira de argumentar política é não poder afirmar com segurança se está certo. A maior parte das informações compartilhadas atualmente não é verificada, então qual a regra para repassa-las? Fácil, se for a favor do que você acredita, pode repassar, caso contrário, é mais um argumento infundado e calunioso.

Precisa de mais motivos para não se meter nessa furada? Então que tal perceber que não há solução? Pode-se chegar à conclusão mais sensata, ao posicionamento político ideal ou até a um consenso partidário ou de candidato… não fará diferença! As últimas eleições mostraram que um candidato, eleito pela maioria dos votos válidos, mesmo sem cometer qualquer crime, pode ser retirado do seu lugar pra manter os interesses escusos de alguns a salvo.

Após tudo isso espero que pense muito bem antes de abrir a boca ou sair teclando besteira por aí. A perda de tempo e a animosidade são tamanhas que não vale a pena nem tentar.

Ah, e quanto aos memes citados lá no começo? Bom, eles são o que nos unem no meio de tanta selvageria ;)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.