Ó Senhor, vos procuramos em tantos lugares! E para nosso desengano, parece que de nós se esconde. Ou será a nossa lerdeza que não nos permite vos encontrar?

O que estamos a fazer quando contemplamos a beleza, senão a buscar vestígios de ti? E quando buscamos a verdade não estaríamos a tua procura? E essa atração pelo que é bom não seria uma maneira de nos achegarmos a ti, bondade suprema? Nossa vida, Senhor, consiste em trilhar este caminho que tem como fim a sua presença.

Mas por que tantas vezes nos parece que esta via é pesada demais para nossas forças? Como péssimos viajantes que somos, nos distraímos com supérfluos detalhes à beira do caminho. E perdemos tempo. E damos passos para trás. E esquecemos o motivo da viagem. Mas tu, Senhor, nos impele em sua direção e só seremos plenos quando em ti repousar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.