A CULTURA SUL-COREANA NO JORNALISMO


Com o jornalismo na internet, os conteúdos estão cada vez mais diferenciados, culturas diferentes estão ganhando atenção do outro lado do mundo, e com isso cabe aos profissionais se adequarem a uma nova maneira de informar e trabalhar. A cultura asiática, mais precisamente a sul-coreana está cada vez mais adentro do nosso dia-a-dia, graças a popular Onda Hallyu, conhecida como onda coreana, que ganhou bastante interesse por adolescentes.

Sites sobre K-Pop, Dramas e cultura asiática estão cada vez maiores, porém, não são todos que apresentam um conteúdo de qualidade, ainda mais com cunho jornalístico. Grandes portais que tratam o assunto muitas vezes não possuem uma equipe de profissionais, sendo assim, o conteúdo apresentado muitas vezes não contem uma qualidade e credibilidade.

Em busca por portais online com características jornalísticas, um consegue se destacar por conta da qualidade oferecida, o site BrazilKorea. Criado em 2011 por Alcina Knabben, o site possui uma equipe com mais de 30 pessoas incluindo profissionais formados em jornalismo e diversas áreas, incluindo também estudantes. Apesar de notícias ligadas a K-Pop serem as mais populares dentre as asiáticas, o portal tenta trazer um conteúdo diversificado para os amantes de cultura oriental.

Em conversa com Jéssica Lellis, editora chefe do BrazilKorea, ela nos conta detalhes de como ocorre o funcionamento do site.
Já em conversa com leitora do site Tassiana Souza, ela nos fala sobre o porque é seguidora do portal.

Um atributo que chama atenção para o BrazilKorea são seus editoriais, entre eles os leitores encontram dicas de beleza, curiosidades sobre a Coreia do Sul, coberturas e especiais sobre eventos envolvendo a cultura no Brasil, além de notícias sobre famosos do ramo. O site não foi criado com o intuído financeiro, então apenas recentemente foi adiciona uma loja de artigos para os fãs, mas ainda é algo novo.

Imagens do BrazilKorea, onde mostram a pagina inicial, editoriais e a loja site.