Pagando suas contas com as opiniões dos outros

Trabalho há um bom tempo com pessoas, sendo que algumas delas já se propuseram a trabalhar na área comercial. Porém, acredito que todo mundo deveria saber vender; embora vender não seja para todo mundo.

Não sou nenhum “guru” da área comercial, mas resolvi escrever sobre a preocupação que temos quando o assunto é “o que vão pensar de mim”. E isso, meus amigos, posso lhe dizer que irá influenciar diretamente em suas vendas.

A primeira coisa que vamos vender em nossas vidas somos nós mesmos! Em referência ao livro “Comece por você”, de Reid Hoffman, onde este diz que nossa primeira startup somos nós, com limite de produtividade e tempo de mercado.

Se nós somos uma startup, por que a escondemos de nossos potenciais clientes, daqueles que querem lhe contratar, pagar pelo seu serviço, usar das suas horas de produtividade? A grande maioria das empresas tem um departamento de marketing e publicidade justamente para serem achadas pelos seus clientes.

Já ouvi de diversas pessoas que eu não deveria me expor tanto; falar menos sobre determinados assuntos e não compartilhar tantos pensamentos. Essa é a minha maneira de gerar marketing e propaganda, porém sem investir para aparecer. =)

Se você tem medo de se vender, provavelmente terá medo de vender sua empresa. E digo mais, deve bater uma grande preocupação em seu peito quando o assunto é “o que os outros vão pensar”.

Quero lhe trazer uma reflexão sobre o “se vender” e sobre “vender sua empresa”: no próximo dia 10, quando suas contas estiverem vencendo, pague-as com a opinião dos outros. Assim, você não precisará sair para vender.

Quem trabalha com vendas, não deve ter medo de compartilhar, falar da sua empresa, gerar negócios, marcar reuniões, ligar e fazer contatos. Quem trabalha com vendas, precisa aparecer para que alguém possa comprar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.