SELF-MANIA: Qual o Papel do Editor em um Mundo Onde Todos Podem se Autopublicar?

Uma matéria da Revista da Azul Linhas Aéreas Brasileiras — “A selfie-mania”, set/2015 — tratou do papel do profissional da fotografia em um mundo em que todos fotografam. A conclusão da matéria é que este profissional precisa se reinventar, trabalhar a partir de roteiros e criar narrativas. Eu penso que não será diferente com os editores.

O problema dos fotógrafos não é diferente do problema dos editores.

Joe Wickert, um crítico importante da indústria de Publishing, diz que Curation (curadoria) é — e continuará sendo nos próximos anos — uma das mais importantes tendências na área de Publishing.

Curation (curadoria) está se tornando tão importante quanto Creation (criação).

Especialmente à medida em que somos afogados por um mar de informações tão grande, mais até do que possamos consumir.

Editores são (e serão, cada vez mais) curadores.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated C.S. Soares’s story.