É só futebol.

Está aí, diante de nós, a frase que ouço diariamente: é só futebol. E por que não seria? Só mais um jogo. Só mais um campeonato. Só pessoas correndo atrás de uma bola. Só e só. Mas se não fosse o meu coração acelerado em meu peito 2 horas antes do jogo, eu lhe diria que era só futebol. Se não fosse o medo e as orações antes do árbitro apitar a partida, eu lhe diria que era só mais um jogo. Se não fosse a torcida e a vontade incontrolável de gritar é campeão, eu lhe diria que era só mais um campeonato. Se não fossem aqueles caras correndo e dando o melhor de si a cada minuto, eu lhe diria que eram só pessoas correndo atrás de uma bola. Se não fosse toda a emoção e a felicidade através de lágrimas e berros após cada jogo e cada conquista, eu lhe diria que não era amor. Se não fosse uma história de amor e ódio, de grandes conquistas e duras derrotas, eu não lhe diria que cada minuto sofrido vale a pena!

Like what you read? Give Karina a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.