HRT

Alguns amigos “da época do meu irmão” têm curiosidade sobre meu tratamento hormonal. Quais remédios fazem parte, que efeitos causam em mim, até quando vou precisar me medicar, etc.

Como já comecei minha transição tarde (aka “Véia”), não segui o caminho tradicional (graças 🙏🏻), que é o caminho da auto-medicação…

Digo “graças”, pois na minha adolescência a internet não era o que é hoje (era tudo mato, literalmente…). Se hoje o risco já é astronômico — de fazer mal pros rins, pro coração, risco de câncer, etc — quando é moleza entrar num grupo do face de “dicas de transição”, na minha adolescência (anos 90), sem referências, aonde eu iria encontrar “orientação”? Ia fazer caquinha na certa…

Bom, voltando… Faço análise há 3 anos e um bocado. Depois de 2 anos me senti confiante em dar início ao caminho da transição. Foi quando peguei com a minha psicóloga o contato de uma endocrinologista recomendada por sua ginecologista. Entrei em contato. Ela estava em ano sabático. Me passou o contato de outra. Estava em período de pesquisa, sem atendimento em consultório. Me passou outra. Marquei.

Estava mega ansiosa, ensaiando 500 formas de tocar no assunto com ela. Eu era um projeto de larva, cheio de traços masculinos pesados. Ansiedade no teto…

Resolvi Googlar o nome dela. Ela era apenas “diretora do Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia”. Na época da novela “A Força do Querer” deu várias entrevistas explicando o processo de transição da personagem “Ivana” (FTM no caso — Female to Male — feminino para masculino). Enfim, várias carteiradas ☺️

O destino me colocou em ótimas mãos ❤️ O trabalho é seríssimo e minucioso. Faço um hemograma completo a cada 3 meses para acompanhar meus níveis hormonais e de tudo mais (glicose, triglicerídeo e outros ídeos…). Em Abril/19 farei 18 meses 😊

Meu tratamento é composto por um bloqueador de testosterona (uma pilulazinha minuscula) e estrogênio em forma de “álcool gel” (reposição hormonal para mulheres na menopausa).

Em mais ou menos 9 meses de tratamento os níveis de hormônio masculino e feminino estavam compatíveis com o de uma mulher cis em época de ovulação.

Mas como não há variação na quantidade de hormônio no meu sangue, não tenho variações de humor, nem qualquer outra característica da famosa TPM 😂

O bloqueio da testosterona é para freiar as características masculinas: pelos corporais diminuem drasticamente (menos os da barba — assunto de um post anterior), a composição muscular também diminui, há uma diminuição grande na produção de esperma, podendo chegar a infertilidade.

O estradiol é para trazer as características femininas: redistribuição de gordura corporal para os quadris, seios, glúteos. Mas, como comecei numa idade avançada, o corpo já está todo desenvolvido em “uma direção”. “Trocar de direção” é um processo muito mais desafiante do que “mudar de curso” durante a adolescência, por exemplo. Mas quem se importa? 💁🏻‍♀️

Nos primeiros 6 meses ocorreu o desenvolvimento mais dolorido dos seios… Como doíam!! E obviamente eu esbarrava em tudo a toda hora 😫. Minhas amigas diziam que é assim na adolescência. E todo mês na época da menstruação… Como eu falei acima, meu nível hormonal é constante, então pelo menos dessa “dor mensal” devo ficar livre… 🙏🏻

E até quando precisarei me medicar? Bom, se voce chegou até aqui deve ter ligado os pontos:

  • seu eu parar de bloquear a testosterona ela volta a ser produzida — a não ser que eu retire a “fábrica” dela (pra bom entendedor…)
  • se eu parar de tomar estradiol, ele vai se “gastar” e meu corpo não vai produzir, pois ele não tem “fábrica de estradiol”

Logo, é como se eu estivesse na menopausa, tenho que tomar meu “suplemento hormonal” pra sempre 😉

E as mudanças não foram somente físicas. Senti mudanças tanto intelectuais como principalmente emocionais. Muda muita coisa na nossa mente… A forma de pensar muda. O ponto de vista muda. Comerciais de TV podem levar a lágrimas… 🙆🏻‍♀️

HRT, o título deste post significa “Hormonal Replacement Therapy” — Terapia de Substituição Hormonal. Nome que se dá ao tratamento que as pessoas transgênero fazem para desenvolver características físicas do gênero com o qual se identificam.

Bom escrevi bastante dessa vez, mas se ficou alguma dúvida, manda la no insta @monique.live que eu faço um post 😊