Querido G,

Prometi a mim mesma que eu nunca falaria que nosso amor foi diferente de tudo que eu havia sentido antes, mas obviamente quebrei essa promessa também. É claro que a culpa dessas ruínas não foi minha, como tu estás acostumado a dizer. Eu não sei mais o que eu realmente sinto — agora há raiva junto ao amor —, os sentimentos estão se misturando dentro de mim e eu não sei o que fazer. É muito clichê dizer que está morrendo por amor, certo? Então seria melhor eu dizer que estou morrendo por não ser amada? Tu ainda irás passar por isso um dia, ainda irás se afogar em teu orgulho, e irás desejar tudo isso à outra pessoa. Tu ainda serás fraco, e procurarás outro alguém para dizer isso tudo, mas esse alguém não serei eu. Nunca sou eu. Mesmo assim, quero que tu sejas feliz. E quanto a mim, não se preocupe, um dia te esquecerei, e até lá, oras, escreverei para ti.

Com tristeza, L.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated ?¿’s story.