Centaurossexual

- Oi! Tudo bem?
- Oi. É, foi mal, você não faz o meu tipo… Sexualmente falando.
- Ah, desculpa! Eu achei que você fosse… Pera, você é homo? Hétero?
- Nenhum dos dois, eu sou centaurossexual.
- Como?
- Centaurossexual. Eu tenho atração por centauros.
- Centauros?
- É, tipo parte de cima humana, parte de baixo cavalo.
- Bom, que pena pra mim então!
- Espera, você cavalga?
- Cavalgo?
- É, tipo andar de cavalo. Você anda?
- Não, nunca andei na verdade.
- Ah.
- …
- Porque isso me excita também. Cavalgando você parece um centauro, sabe?
- Isso é verdade.
- Você já praticou arco e flecha?
- Também não.
- É que é uma coisa bem centauresca também.
- Não, nunca tive contato com essa modalidade de… Arma a distância.
- Você estaria disposto a relinchar no meio da transa?
- Hum… Talvez?
- E acharia ruim se eu penteasse seu cabelo com uma escova como se fosse uma crina?
- Não, acho que seria bem de boas.
- Você é bem peludo? Tipo pelos púbicos e tal?
- Moderamente.
- Olha, eu acho que a gente pode conversar alguma coisa. Mas primeiro eu preciso que você deixe toda a parte de baixo do corpo peluda e depile completamente acima da cintura (menos o suvaco, tem que ser peludo também). Você topa?
- É… Por que não?
- Massa! Eu tenho cera lá em casa. Vamos indo?
- Beleza! Mas… É, sem querer estragar o clima, por que… Por que você tá topando trepar comigo? Eu realmente não sou um centauro. Você percebeu, né?
- Cara, tá tão difícil achar centauro hoje em dia que eu acabo topando qualquer coisa.