Rotação sincronizada

fico aflita de existir a possibilidade de eu nunca ter o prazer de olhar nos teus olhos e dizer que somos mesmo loucos e por isso o mundo não vai muito com a nossa cara. mas e aí? não precisamos do mundo. não precisamos seguir a fé religiosa e nenhuma porra dessa, porque temos nossa própria fé mesmo que em coisas incertas e efêmeras. eu consigo te sentir. eu consigo sentir a tua energia e a tua sorte de ser quem é. eu consigo te sentir, e ouso dizer que vez em quando eu me confundo com você, porque superficialmente temos tanta coisa em comum que consigo ver o meu reflexo nos teus olhos gigantes. eu vejo meu reflexo girando e sei que quando eu ficar tonta você vai me segurar com calma e me fazer rir de toda essa besteira que a gente faz na Terra. ou que a gente acha que faz. só não se esconde de mim, porque a partir do dia que você me fez ficar na tristeza sobre a varanda pensando banalidades eu soube que a sua paz combina com a minha, assim como os traços da tua mão e o formato da tua boca.

Like what you read? Give Daffila Moreira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.