Sobre a amizade em tempos de vida adulta (ou: sobrevivendo às irreais expectativas criadas por…
Maíra Ferreira
6017

Maravilhoso e real. Eu tenho amizades de uma vida inteira. A vida atrapalha? Sim, claro. Mas, a gente procura conciliar o tempo de cada um para, nem que nos vejamos uma mísera vez a cada seis meses, a gente consiga se ver. No meu caso (graças a Deus!) há reciprocidade; no entanto, acho triste relatos como esse, e me pego pensando a que ponto a tal reciprocidade realmente existe. Grata pela reflexão matinal. Parabéns pelo muitíssimo bem escrito texto.