Recomende os meus textos

Photo by Tim Marshall on Unsplash

Olá.
Eu sei que você me lê. Eu sei que você tem me lido.
O fato de você estar me lendo agora me incentiva demais a continuar escrevendo.
Eu acredito que a relação escritor x leitor e leitor x escritor é uma relação de conexão.
Eu busco me conectar com quem me lê, eu busco me conectar com quem eu leio.
Mas no momento eu tenho um problema: das muitas pessoas que me leem, poucas clicam em Recomendar.
O Medium me informa que a minha proporção de visualização x leitura é alta. Isso significa que a maioria das pessoas que visualizam meus textos, visualizam até o final. Ou seja, leem!
Mas quando eu vejo a proporção leitura x recomendação, aí eu me sinto triste. :(
Porque dos que leem, pouquíssimos clicam em Recomendar.

  • Eu preciso que você clique em Recomendar para que eu tenha a confirmação de que você gostou do texto.
  • Eu preciso que você clique em Recomendar para que eu produza mais textos sobre aquele assunto que você gostou.
  • Eu preciso que você clique em Recomendar para eu me sentir feliz.

Você me lê e talvez eu acrescente algo em sua vida. Mas aí você vai embora com uma informação nova, com um novo assunto para refletir e eu fico aqui, sozinha, sem o seu Recomendar.

Eu sei que ler pode parecer uma tarefa distante e desconexa de quem escreve. Você lê palavras. Mas perceba que para essas palavras saírem, alguém — assim como uma laranja — espremeu o raciocínio e o emocional para sair um texto que você gostou!

Alguém escreveu desesperado buscando um leitor que tivesse passado pela mesma situação.

Alguém escreveu transbordando alegria no anseio de compartilhar uma nova informação.

Alguém escreveu empolgado para redigir uma experiência pessoal.

Alguém escreveu satisfeito em exibir os resultados que obteve.

Alguém escreveu motivado a mudar a sua vida.

Alguém escreveu carente de pessoas que fossem parecidas.

Alguém escreveu triste procurando um ombro acolhedor.

Alguém escreveu inseguro sobre a aceitação dos próprios textos.

Alguém escreveu preocupado sobre a repercussão de seus próximos textos.

E alguém continuou escrevendo.

Eu peço para que você clique em Recomendar nos meus próximos textos.

Eu peço para que você também clique em Recomendar nos meus textos anteriores, caso haja algum que você tenha gostado. É só clicar no meu perfil e descer a página buscando nos textos que já foram publicados, aquele texto que você gostou.

Se você não tem conta no Medium, é só se conectar com o Facebook, Twitter ou com a sua conta do Google. É fácil e rápido!

No navegador ‘Recomendar’ é esse coração que aparece no lado esquerdo da tela enquanto você lê o texto. O coração também aparece no canto esquerdo inferior da tela quando você para de descer ou subir a página.

No aplicativo do Medium ‘Recomendar’ é esse coração que aparece no canto inferior direito quando você para de dar scroll ou quando você chega ao final do texto.

Lembre-se de clicar em Recomendar sempre que um texto fizer diferença em sua vida!

Ah, sim, e se tiver algo nos textos que te faz ler até o final mas não te faz querer clicar em Recomendar, comente!

Na internet tanto o like quanto o campo de comentários são a versão diálogo saudável do mundo real.

Interaja comigo e eu saberei como produzir textos melhores.

Muito obrigada!


E claro, eu espero que esse texto tenha contribuído com a sua consciência acerca do Recomendar não somente em meus textos, mas em tantos outros conteúdos espalhados na internet que foram feitos por pessoas que foram movidas unicamente por boa vontade.