[Trabalhar no que ama e negócio próprio]

Fazer o que ama pode sim ser um stress se você levar a mesma vida que o mundo corporativo te ensinou: competição, injustiças, urgências desnecessárias e autoritarismo. 
Muitos caem na ilusão de que sair de uma empresa é a solução de eliminar todo o stress. Pode ser uma boa parte, mas pode ser uma ilusão achar que o stress vai acabar sendo que você não aprendeu outra forma de lidar com o trabalho! 
Aconselho para quem está prestes a sair de um emprego por não aguentar mais, se revise. Revise suas expectativas, sua saúde, reveja seus limites de trabalho já para si e para os outros, mude já onde está, treine seu futuro já no seu presente. Entendo que tem pessoas que não podem sair por causa do dinheiro, pra ter forças pra continuar, busque saúde mental, fortalecimento emocional em momentos de respiração, exercícios físicos, auto percepção. Nem sempre precisa chegar em um fundo do poço. 
Mas de todo o conselho dos conselhos, uma coisa é certa: no fundo do poço também se aprende, sou dessas! É só estar aberto!

Like what you read? Give Daniela Andrioli Schweder a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.