10

Ou Abraão

Sai da tua terra, da tua parentela e da casa dos teus pais.

Sai das tuas pernas, dessas entranhas e do corpo vivo.

Sai da tua memória, das tuas esquizofrenias e da tua alma.

Sai da saída, agora, e volta recolhendo a verdade.

Abraão, teus filhos são as estrelas. A terra que tu pisas: pura, porque suja.

Volta ao centro da vida,

Ao corpo, refeito,

Olha teus pais nos olhos e ama.

Like what you read? Give Daniel Caldeira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.