Microservices é massa né? Depende…
Ronualdo Maciel
112

Pontos bem interessantes, Ronualdo. Percebo esta “hype” desde meados de 2014. Deram até um nome pra ela: Microservice envy. Não importa o que você faça, por mais que seja um simples MVP, uma prova de conceito ou algo do gênero, teu cliente já tá preocupado com a modularização da solução antes mesmo de saber de fato qual é a causa raiz do problema que se quer resolver. Isso precisa ser evitado a todo custo!

Por esses e outros fatores que concordo em gênero, número e grau com o modelo de maturidade que você citou. Na minha visão, em condições normais de temperatura e pressão, é preciso evoluir para uma arquitetura de microserviços. Por mais benefícios que ela traga, começar uma solução com um altíssimo grau de complexidade não vale o investimento… isso é a fórmula pro fracasso.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Daniel Barreto’s story.