Mínima Vida #1

… não queria viver sem significados

Ele não sabia o que sentir nem tinha do que reclamar, já que tudo ao seu redor parecia ocupar o seu devido lugar. Os sonhos continuavam a existir, mas eles já não eram mais os mesmos. Não tinha motivos para acordar, tampouco tinha motivos para continuar dormindo. As pessoas, as coisas e o mundo ao seu redor demandavam uma atenção que ele não estava interessado em dar. O que lhe interessava de verdade era a perpetuação da sua liberdade. Não queria viver sem significados.