Fé?

Minha família é um misto de religiões, crenças e filosofias, o que me deu o privilegio de conhecer um pouco de tudo.

Eu frequentava todos os lugares que me chamavam atenção, igrejas evangélicas, católicas, centros espiritas, umbandistas. Em todos os lugares eu me sentia mais próxima de Deus (e esse era o objetivo, não?), eu cantava louvores com todo meu coração, me subia um arrepio da ponta da espinha quando eu ouvia um tambor, eu ajoelhava humildemente com um terço na mão.. eu tinha fé!

Eu orava por todos meus Deuses e santos antes de dormir, e me sentia em paz. Quando minha mãe faleceu eu tive aquelas duvidas clichês “OH MEU ZEUS POR QUE?” pouco tempo depois tive certeza de que Deus tinha promessas pra mim, eu aceitei, com gratidão, o que eu não aguentaria mais era ver aquela mulher que tinha cuidado de tantos, definhando em uma cama.

Ela podia ir em paz, Oxum cuidaria de mim! Meu anjo da guarda me velaria sempre, e quando a saudade batesse eu rezaria pro Doutor Raimundo me ajudar.

Num belo dia eu me encontrei em duvida, os lideres de cada religião tinham a mesma frase pra mim “Dani você tem que escolher um só caminho”. Eu não entendo até hoje o porque de eu ter que fazer essa escolha. Não é minha fé que conta?? Eu me neguei a escolher, eu me afastei de todas elas.

Hoje eu só tenho um “talvez”, muitas duvidas e fé.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.