Você sabe, eu não sou bom

Mas é exatamente por isso que gosta de mim.

Ela já não sabia o que fazer, me amava e rapidamente percebeu que de mim, não iria ter o que desejava. Eu até tentei me apaixonar, mas não foi possível, ela não me permitiu, mesmo querendo.

Sabe eu não sou bom, mas se apega ao fato de que sou diferente dos outros e de fato, acho que sou, isso não quer dizer melhor, de forma alguma, na verdade o que quero dizer é exatamente ao contrário. Eu não sou bom, é isso que quero dizer.

Nada a impede de ficar chateada comigo por tudo, vejo nos seus olhos quando falo sobre qualquer coisa, é como o fato de não ser dela, fizesse o que eu digo algo inútil e entendo, talvez seja, apesar de achar a loucura dela muito além da conta. Saiba você que as loucas são as melhores, mas é preciso encontrar uma que não seja tão contagiosa, e creia, a linha é tênue.

Ela tenta de tudo comigo, nada funciona, o choro, o grito, os tapas, as caras de desgosto, as mensagens desaforadas, o próprio e profundo silêncio. Ela quis transformar minha vida em um inferno, mas mal sabe ela que até lá, eu me sentiria em casa, faria amigos e me embriagaria nas noites pelos cantos mais sujos.

Chegou a me dizer que não queria mais nada comigo, que não iria mais me procurar, que eu me arrependeria de como a tratei, que um dia a procuraria, que eu precisava amadurecer, virar um homem de verdade.

Quando acabou o discurso vazio, eu estava acenando a cabeça em acordo, aceitei o desfecho despreocupado, destravei a porta da Belina 74, indicando qual próximo passo dela, o lado de fora do carro, eu precisava ir pra casa beber, estava escurecendo, e eu tinha me prometido abrir a primeira cerveja antes das 18h.

Num ato impensado, espero eu, tentou me beijar como se nada tivesse acontecido, aquilo me confundiu, eu achei não ter entendido nada do simpósio que ela tinha acabado de proferir.

Obviamente, não conseguiu, ficando ainda mais puta e mais uma vez, silêncio mortal, que só durou 15 minutos, até ela mandar uma mensagem dizendo que apesar de termos acabado, ela ainda queria me ver, que podíamos marcar algo.

O resumo é, eu não sou bom e as loucas são as melhores, mas amigo, tenha cuidado, você pode acabar dirigindo uma belina 74 e ser um alcoólatra que faz promessas etílicas para manter o seu estado atual de embriaguez.

Daniel Pasini

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.