Não Planejei, Mas Fui! #Dia2 #Recife


Obs: Por falta de tempo o #Dia1 ficou só no meu face, mas depois atualizo aqui.

Acordei com o barulho forte de chuva e a primeira coisa que pensei foi: Acabou a a aventura por aqui, vou partir pra próxima cidade.

Mas resolvi parar pra pensar melhor durante o café da manhã.

E que surpresa boa!

Tapioca, ovos mexidos e cuzcuz feitos na hora!

Fora rabanada, bolo de rolo…


Na TV passa a previsão do tempo na região nordeste. Só chuva! 😒

Resolvi voltar para o quarto, abrir o mapa e escolher locais para visitar com chuva.

Não sei se vocês sabem mas mapa é uma coisa chata pra caralho! Entendo porque os portugueses se perderam e chegaram por aqui. Logo me deu sono e dormi rs

Ao acordar, a surpresa. A chuva tinha dado trégua e resolvi conhecer a orla na base da corrida.

Gosto de fazer uma corrida ou caminhada, sempre que chego em uma cidade nova. Faz eu me sentir parte daquele lugar, dá para prestar mais atenção nas coisas ao redor.

E isso me salvou hoje. Rs


Sai do hotel com pouca bateria e no final da corrida o celular “morreu”. 😳

Tive que voltar com aquele medo da memória fotográfica falhar, sem dinheiro para pegar um táxi. Ainda bem que tudo deu certo e cá estou eu escrevendo de novo. Rs


Por falta de tempo, almocei no restaurante do lado. Péssima ideia!

De típico não tinha nada, também fui idiota… um restaurante com o nome de restaurante japonês, vendendo pizzas e comida típica nordestina? Eles diziam, mas não que sim, porém…nada do meu interesse.

A caipirinha estava ruim, pedi um rolinho de camarão e tinha mais queijo que camarão (estava sem gosto, sem graça) e o prato principal, camarão com um molho de gengibre, putz…vou resumir:

almoço decepção rs


Depois da experiência gastronômica ruim, resolvi arriscar e reservar um passeio para amanhã. Porto de Galinhas ou Carneiros.

Pedi a opinião do pessoal por aqui, como eles disseram “Ahh a maioria vai para Porto visse”, logicamente irei para… Carneiros! Porque minha mãe me ensinou que eu não sou todo mundo. AhahahAhahaha


Parti para o Recife Antigo, iria de ônibus para aproveitar o trajeto e economizar, mas me atrasei de novo (escravo do celular tem que ficar esperando a bateria carregar) e achei melhor pegar um Uber mesmo. Ficou em torno de 20 reais. E agora está sol! 😁


Cheguei no Cais do Sertão e… dei com a cara na porta!

Esse é o problema de lidar com o acaso. Mas como eu disse no outro texto, quando você não planeja, nada da errado!

Andei pelas ruas do entorno,

conversei com várias pessoas (eu não costumo fazer isso normalmente, mas viajando sozinho sempre), acabei em um local de artesanato.

Um galpão cheio de artesanato de pernambuco. Sensacional! Uma coisa mais legal que a outra. Desde cordeis, bonecas, xilogravuras até esculturas maiores.

Tipo essas: 😁

Além disso, seguindo dicas inbox descobri um barzinho bem legal (Apolo Beer Café) com promoção de chopp feito na região, Não double, mas “triplow”! Valeu Mari Kraus! Rs


Me recomendaram não ficar de noite por aqui (Antiga Recife). Andei normalmente e ninguém me incomodou, porém não recomendo arriscar.


Bom… hora de arrumar a mochila para o passeio de amanhã.

Acordar 6h da madrugada não é algo que me agrade, que a praia esteja boa. 😎


Pensamento do dia:

Quando você vai reclamar da chuva e a outra pessoa responde com “graças a Deus tá chovendo né?”, é melhor ressignificar a importância das coisas. 😉