Dissecando a folha salarial da USP

Alguns meses atrás, no período da greve, eu fiz uma dissecação da folha salarial da USP buscando descobrir insights a respeito a crise orçamentária na universidade, dado que o comprometimento do orçamento com os salários está na ordem de ~95%.

Para tal, eu fiz download da relação completa da folha salarial no Portal Transparência da USP e fiz uma exploração de dados com o stack usual de Python3+Jupyter+Pandas e neste post irei mostrar alguns resultados e fatos obtidos dessa exploração. O código bem como o arquivo salarial utilizado pode ser encontrado em: https://github.com/danilolessa/computacoes/tree/master/analises/transparencia

Observação: os números salariais e associados com estes se referem ao salário bruto, ou em outras palavras é o que a USP efetivamente paga regularmente ao invés de ser o valor que o assalariado recebe realmente. Tal decisão por utilizar o salário bruto se deve por este ser mais “estável” temporalmente dado que indenizações e benefícios não são contabilizados no bruto e também devido ao fato de que essa exploração visa ganhar insight das despesas da universidade em si, sendo então a informação do salário líquido menos relevante nesse âmbito.

Uma segunda observação é que sempre que for utilizado um número anual relacionado com os salários, os benefícios como 13º estarão excluídos por consequência da utilização do salário bruto como critério de cálculo.

Panorama Geral

Nessa seção, apresento alguns números gerais do salario bem como a distribuição destes. Note que a utilização da mediana se dá devido a interpretação intuitiva desta. A média não é utilizada pois a distribuição salarial não é simétrica e devido a isso ela tende a enviesar os salários para cima quando utilizado como indicador para contextualizar com a situação na USP.

Distribuição salarial na USP

Gasto anual aproximado com salários: R$ 3.427.651.958,64 (27.417 pessoas)

Salário mediano na USP: R$ 8.775,31

Proporção de funcionários/docentes ganhando mais que o governador: 8% (2.778 pessoas)

Gasto anual aproximado com salários de funcionários/docentes ganhando mais que o governador: R$ 691.372.729,92

Funcionários ativos

Distribuição salarial dos funcionários ativos
Distribuição temporal do salário dos funcionários

Quantidade: 15.370

Salário mediano: R$ 6.898,01

Proporção ganhando mais que o governador: 0.7% (109 pessoas)

Uma exploração especialmente interessante, é analisar o salário mediano de cada função na USP. O resultado entretanto é muito longo para ser embutido nesse post, então peço que visite esse link: http://soc.if.usp.br/~danlessa/misc/folha-usp.html

Docentes ativos

Distribuição temporal do salário dos docentes
Distribuição do salário dos docentes

Quantidade: 6.073

Salário mediano: R$ 13.586,40

Proporção ganhando mais que o governador: 18.4% (1.118 pessoas)

Docentes aposentados

Quantidade: 2.992

Salário mediano: R$ 16.921,45

Proporção ganhando mais que o governador: 31.3% (937 pessoas)

Bônus: gabinete do Reitor

Adicionalmente, o acesso a folha salarial permitiu visualizar os integrantes do gabinete do Reitor. A relação completa pode ser vista em http://soc.if.usp.br/~danlessa/misc/folha-gabinete-reitor.html

Note a presença de dois cozinheiros, dois auxiliares de cozinha, dois jornalistas, um garçom e quatro motoristas.

Like what you read? Give Danilo Lessa Bernardineli a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.